Adolescente de 13 anos suicida-se após ficar obcecada por banda Emo

Seus pais comentaram que tudo começou quando Hannah Bond desenvolveu o hábito de vestir-se com roupas escuras e praticar auto-mutilação. Segundo eles, duas semanas antes de sua morte, ela começou a ouvir com freqüência uma banda chamada “My Chemical Romance”, que canta, em uma das suas músicas: “Embora você tenha partido e esteja morta, acredite que a sua memória estará sempre comigo.” Ela foi encontrada enforcada em seu beliche, pendurada por uma gravata.

A banda foi formada em 2001 pelo vocalista Gerard Way e pelo ex-baterista Matt Pelissier. A primeira canção que eles escreveram foi “Skylines and Turnstiles”, escrita por Gerard, na qual ele fala sobre seus sentimentos sobre os ataques terroristas de 11 de setembro.

Os integrantes da banda citam que inspiram-se em filmes, especialmente os de terror, para compor e para apresentar-se ao vivo. O estilo musical da banda é muito debatido, mas de modo geral são misturados elementos de vários estilos, como rock alternativo, post-hardcore, rock e punk rock. O metal, às vezes, também é citado, como no trailer abaixo.

O pai de Hannah, um professor de karatê, afirmou: “Duas semanas antes da sua morte, eu vi alguns cortes em sua pele. Perguntei a ela o que havia acontecido e ela afirmou que era uma espécie de iniciação Emo”. Ele ainda contou ao Daily Mail que Hannah era descrita como uma aluna exemplar, e que hoje, ele percebe que naquele momento sua filha iniciava uma caminhada para a morte. “Ela prometeu-me que nunca mais iria fazer isso novamente”, concluiu.

A mãe de Hannah disse no inquérito, que, após a morte da filha começou a pesquisar mais sobre o assunto, e descobriu que existem muitos sites que ensinam como “transformar-se” num Emo. “Hannah era uma garota normal. Tinha vários amigos. Às vezes ficava um pouco deprimida, mas eu pensava que era apenas porque ela havia entrado na adolescência”, disse ela.

Hannah assumiu o pseudonimo “Living Disaster” no site de relacionamento Bebo. Sua página pessoal está decorada com a foto de uma menina Emo com os pulsos sangrando. Outra foto mostra uma criança rabiscando em um livro as palavras: “Querido Diário, hoje eu desisti…”

Em seu depoimento, o namorado de Hannah afirmou que certa vez, não sendo autorizada a dormir fora de casa, ela ficou extremamente irritada e afirmou: “Eu quero me matar!”

O fenômeno Emo tomou força nos Estados Unidos, na década de 1980. Trata-se de uma tendência adolescente, caracterizada pela depressão, auto-mutilação e suicídio. Seus cabelos tingidos e de franjas, escondendo os seus rostos e as roupas pretas são a marca registrada dos jovens Emo em todo o mundo.

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!