“Escarificação”, uma técnica de modificação que está se tornando cada vez mais popular

Se você ainda não conhece, esta técnica chama-se “escarificação”. Trata-se de uma espécie de tatuagem feita com bisturi.

A técnica foi criada na África, onde os negros, por terem a pele mais escura, não apreciam muito o uso de tatuagens com tinta. Ao invés disso, eles utilizam um bisturi para fazer cortes na pele, formando desenhos. Logo em seguinda, eles costumam arrancar a casca das feridas e passar cinza ou vinagre, afim de infeccionar os cortes e cicatrizar a pele com uma espécie de volume.

Naturalmente, esta técnica oferece uma série de riscos e devem ser feitas por profissionais. Os tatuadores advertem que a escarificação é uma técnica que submete a pele a alterações definitivas e as pessoas só devem fazê-la se realmente tiverem certeza destas mudanças.

Se você está disposto a ver como as cicatrizes são feitas, clique nos links abaixo (imagens moderadamente fortes):

FOTO 1 | FOTO 2 | FOTO 3
| FOTO 4 | | FOTO 5

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!