Artista vende almôndegas feitas com sua própria gordura

Definitivamente até seus últimos dias de vida você verá muitas coisas fora do normal, principalmente na internet.

A última grande bizarrice feita pelo artista chileno-dinamarquês, Marco Evaristti, montou uma instalação que vendeu cerca de 10 almôndegas feitas com sua própria gordura. Isso mesmo, gordura humana. Ele fez uma lipoaspiração e a gordura resultante dela foi utilizada para preparar almôndegas.

Evaristti já é famoso por montar instalações polêmicas. Há alguns anos o artista montou uma exposição onde permitia que os visitantes matassem alguns peixes, apertando o botão de um liquidificador onde os animais estavam. A instalação, apesar de toda polêmica, chegou a ser exposta no Museu de Arte Contemporânea de Santiago do Chile.

Mas, voltando ao assunto das almôndegas. Cada “Polpette al grasso di Marco” (almôndegas com a gordura de Marco), como foram batizadas, foram vendidas por módicos US$ 4.390 e consumidas em uma refeição oferecida para 12 pessoas. Você não leu errado, 12 pessoas comeram as almôndegas feitas com a gordura do artista, numa espécie de “canibalismo artístico”!

Segundo a FoxNews, Evaristti justificou que sua instalação serviu para uma reflexão religiosa: “Quanto mais alteramos nosso corpo, mais nos afastamos de Deus. Queremos ser o homem ideal, mas não temos cultura para preservar a imagem divina de nós mesmos”.

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!