Estudantes comem gato, como forma de protesto contra matança de animais

Um grupo de universitários dinamarqueses teve suas contas do Facebook canceladas, após divulgar fotos de um gato sendo degustado, através do site de relacionamentos. Segundo os próprios estudantes, a ação teve como “gatilho” o combate à matança indiscriminada de porcos, vacas e outros animais, tentando mostrar a hipocrisia que é comer a carne de animais maltratados.

Laura Mortensen, que fez parte do grupo, declarou ao jornal Copenhagen Post, que apesar da repulsa inicial, “cada um comeu um pouquinho” e que embora pareça cruel – (percebam a paradoxalidade) – o animal foi morto humanamente, ao contrário do que é feito com os demais animais, alvos do protesto.

Segundo o diretor da entidade de defesa dos animais da Dinamarca, esta foi a pior maneira que eles poderiam usar para chamar a atenção a matança indiscriminada dos animais.

Bom, agora é torcer para que a moda não pegue!

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!