7 dicas de sobrevivência para mulheres em estádios de futebol

O Campeonato Brasileiro está apenas começando, mas já está deixando muita mulher com dor de cabeça. Para passar mais tempo com seus amores e compartilhar a atenção, elas começam a freqüentar cada vez mais os estádios. Por esse motivo listamos 7 dicas básica de sobrevivência para mulheres em estádios de futebol.

1. Nada de decotes e roupas, digamos, indecentes


Nesse tópico, faremos referência apenas aos namorados, porque os maridos certamente vetarão os trajes sumários antes da esposa concluir o percurso banheiro – porta de casa.

É importante deixar uma coisa bem clara: estádio de futebol – assim como oficina mecânica – é um ambiente naturalmente habitado por homens, portanto, muito cuidado com as roupas muito chamativas. Moda “made in Mulher Melancia” só se você quiser tirar seu namorado do sério e correr o “risco” de ouvir um sonoro “gostosaaaa” de toda a torcida.

2. Subir arquibancadas é tarefa para, quase, atletas de triathlon


Se você nunca foi a um estádio de futebol logo vai perceber que subir arquibancadas não é uma tarefa das mais simples. Os degraus, que na realidade são os assentos, são muito altos e as escadinhas que ficam entre as arquibancadas nem sempre estão próximas do local onde você está. Logo, sainhas e saltos altos não são bem-vindos.

3. Cuidado com a cor da roupa!


Muita atenção a este tópico, sobretudo porque faz referência à sua segurança. A maioria dos torcedores de estádio, principalmente os fanáticos, não toleram que ninguém utilize as cores do time adversário no meio da sua torcida. Nunca tente assistir a um jogo do Corinthians vestida com camisa verde, definitivamente esta não é uma boa combinação. O ideal, caso você não saia de casa com seu marido ou namorado, é perguntar a ele se tem algum problema com as cores da roupa que você usará. Caso não consiga falar com o rapaz, perca 10 minutos acessando o Google.

4. Atenção com a alimentação


Cuidado: nada de comidas muito pesadas nem estômago vazio. Lembre-se que, provavelmente, você terá que fazer algum esforço físico – ou no mínimo, andar – ao chegar no estádio. Lembra-se da dica número 2?

O cardápio no estádios de futebol não é dos mais saudáveis: churrasquinho, cachorro-quente, pipoca, pastel, coxinha de galinha, sanduiche e derivados são figuras carimbadas em qualquer vendedor ambulante. Portanto, se você é uma daquelas que não abre mão de um lanchinho saudável, é melhor levar sua própria fruta ou sanduba natural ou então se contentar em aguardar o final do jogo, (de preferência sem perguntar se falta muito para terminar) para juntos irem até uma dessas lanchonetes ou lojas que ficam abertas 24 horas.

5. Prepare os ouvidos


Lembra que já comentamos que estádio de futebol é um terreno predominantemente masculino? Agora responda: o que homens reunidos costumam fazer com uma naturalidade quase que inconsciente? Ora, xingam! Portanto, não se surpreenda se seu namorado ou marido parecer descontrolável, mostrando um lado animal e, até então desconhecido para você, xingando até a última geração dos únicos três sujeitos com roupas diferentes dos demais 22 presentes no campo. Mas, lembre-se também de não repreendê-lo, principalmente se o time dele estiver perdendo. Deixe-o estravasar sua raiva de alguma forma, mesmo que estremeça seus tímpanos.

6. Informe-se sobre quem vai jogar


O mínimo que se espera de alguém que está em uma torcida é torcer. Portanto, o primeiro passo é saber quem está jogando e com quais cores o seu time (ou o dele) está se apresentando. Não saber isso é como ir a um aniversário sem saber quem é o aniversariante. Caso você não tenha conhecimento, cada time de futebol tem dois ou três uniformes, sendo: um principal e os demais reservas, que são usados quando o time adversário utiliza cores parecidas. Essa dica serve para evitar que você pague o mico gritando gol do time adversário e presevando, com isso, sua vida. Lembre-se da dica 3.

7. Lembre-se, sobretudo, de divertir-se


Se você é uma daquelas amantes, que se satisfazem em qualquer ambiente, desde que esteja com seu amor do lado, relaxe e curta o momento. Forçar a natureza a gostar de futebol é como tentar maquiar o Frankenstein. Por isso, não preocupe-se em entender como funciona o raio do impedimento, ou porque o juiz resolveu dar cartão vermelho para o jogador que você acha mais bonito no time. Em vez disso, curta bastante. Em alguns casos, a regra não é tão clara!
Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!