A lista dos 10 mais procurados do FBI na atualidade

A lista dos 10 mais procurados pelo FBI surgiu de uma conversa, em 1949, durante um jogo de cartas entre entre J. Edgar Hoover, então Diretor FBI e William Kinsey Hutchinson, editor-chefe do Serviço Nacional de Notícias dos EUA. Eles discutiam formas de promover a captura dos mais procurados pelo FBI. A conversa se transformou em um artigo que rendeu a prisão de dois dos listados e fez um estrondoso sucesso, tanto que no dia 14 de março de 1950, o FBI anunciou oficialmente a sua própria lista para aumentar a habilidade na execução da lei para capturar os fugitivos perigosos.

10 . Alexis Flores, (18/06/1975), é procurado por causa do seqüestro e assassinato de uma menina de 5 anos, Iriana de Jesus, na Filadélfia, Pennsylvania, em 2000. Ele é Hondurenho e mente descarada e freqüentemente ser muito mais jovem do que na verdade é. De acordo com seu perfil no Mais Procurados da América, há evidências de que ele também estuprou uma criança antes de a matar.

Ele foi visto pela última vez no Arizona onde esteve preso por falsificação. Mas considerando que lá como cá, falsificação é uma besteira e não dá cadeia para ninguém, só colheram uma amostra de seu DNA e soltaram-no. No ínício de 2007, no cruzamento dos dados de DNA, descobriram ser ele o assassino. Ele pode ter voltado a Honduras já que alguns policiais de Tegucigalpa juram tê-lo visto “fazendo farra”com menores em um bar nos arredores da cidade. A recompensa por qualquer informação que conduza a captura de Flores é de cem mil dólares.

9. Emigdio Preciado, Jr., (19/08/1969) é procurado por abrir fogo em dois delegados de polícia de Los Angeles, Califórnia, no dia 5 de setembro de 2000, deixando um deles paralítico. Na ocasião, Emigdio estava sendo investigado por encabeçar uma gangue de assassinos profissionais.
Ele é também um notório do Mais Procurados da América. O FBI acredita que ele possa estar no México e a recompensa para informação que conduza à captura de Preciado é de também cem mil dólares.

8. Jorge Alberto Lopez Orozco, (22/04/1976) é procurado por ter relação direta com os assassinatos de uma mulher e seus dois filhos, 2 e 4 anos, no Município de Elmore, Idaho. Os restos carbonizados das vítimas foram achados no dia 11 de agosto de 2002, dentro do porta-malas de um veículo incendiado. Ele pode ter tido a ajuda do irmão Simon Lopez-Orozco e esposa que também estão foragidos. Jorge Alberto é outro que paga recompensa de até cem mil dólares.

7 . Diego Leon Montoya Sanchez, (11/01/1958), procurado pela manufatura, distribuição e envio de toneladas de cocaína para os Estados Unidos. Montoya é supostamente um dos principais líderes do Cartel Norte do Vale da Droga colombiano. É crido que este Cartel seja a organização mais poderosa e violenta de traficantes na Colômbia e segundo notícias é fortemente protegido por grupos armados, enquanto fornece ajuda e armas ilegais tanto para para-militares da ala direitista como também para os rebeldes esquerdistas.

Você deve ter visto nos jornais que Montoya foi preso no início do mês(10/09/2007) na Colômbia, logo após a prisão de Juan Carlos Ramírez Abadía em SP. Alguém embolsou, nada mais nada menos que, 5 milhões de dólares; valor oferecido pelo Programa de Recompensas do Departamento Estatal de Narcóticos dos EUA.

6. Robert William Fisher, (13/04/1961), é procurado por matar sua esposa e os dois filhos e logo depois explodir a casa na qual moraram em Scottsdale, Arizona, em abril de 2001. Ele também foi expulso da marinha por colocar o Tenente de sua companhia dentro de um latão e botar fogo. A recompensa para informação que conduz à captura de Fischer é de cem mil “verdinhas”.

5. Jon Schillaci, 14/12/1971, saiu do presídio em Sugarland, Texas, no verão de 1999 depois de cumprir a sentença de dez anos de prisão por ter molestado um garoto. Daí foi pra New Hampshire e conseguiu convencer toda uma família de que tinha se tornado um novo homem. Deu no que deu… Schillaci violentou sexualmente o filho de 5 anos e agora sua cabeça está novamente a prêmio por duzentos mil dólares.

4 . James J. Bulger, (03/09/1929) é procurado por tomar parte em numerosos assassinatos quando era líder de um grupo de criminoso organizado que extorquia comerciantes, traficava drogas, e praticava toda sorte de atividades ilegais em Boston, Massachusetts. Dizem que tem um temperamento violento e é conhecido por estar sempre usando um punhal de intimidar.

A recompensa para quem entregar o sujeito é de um milhão de dólares.

3. Osama bin Laden, (10/03/1957), líder da al-Qaeda é procurado pelos bombardeios das embaixadas dos Estados Unidos em Dar Es Salam, Tanzânia e Nairobi, no Quênia em 7 de agosto de 1998. Estes ataques mataram mais de 200 pessoas. Bin Laden é considerado também responsável pelo 12 de outubro de 2000, pelo ataque ao contratorpedeiro USS Cole ao largo da costa do Iêmen que matou 17 marinheiros.

A nação mais rica do mundo comtemporâneo não consegue localizar uma única pessoa. Assim o FBI diz que o motivo do terrorista ter estado no primeiro posto de mais procurado pelo FBI em novembro de 2001 foi os bombardeios as embaixadas na África e não pelo papel alegado por ele no 11 de setembro de 2001.

No ataque às torres gêmeas, Bin Laden foi só, segundo o FBI, um co-conspirador sem voz ativa no plano final dos terroristas.

Notem que mesmo com este descaso e desinteresse todo ao milionário Saudita, o Departamento de Recompensas da Justiça Federal dos EUA oferece só vinte e cinco (25), isto mesmo… vinte e cinco milhões para quem der uma pista sobre o “ensaboado”. A Associação de pilotos de transporte aéreo dos EUA também se cotizou e oferece uma gorjetinha de dois milhões para quem disser uma possível localização do “liso”.

2. Glen Stewart Godwin, (26/06/1958), é o segundo mais velho (a mais tempo) na lista, assassino frio e calculista, dizem que não há prisão que o segure. Em 1996 quando cumpria pena por duplo homicídio na prisão Estadual de Folsom, Califórnia, soube que quem entregou seu paradeiro foi a esposa. Fugiu na mesma noite e a esquartejou. A recompensa por sua captura já chegou a beirar o milhão quando era considerado inimigo público número 1 dos EUA, estão pagando cem mil pelo clone do George Clooney.

1 . Victor Manuel Gerena, (24/06/1958), cubano que está a mais tempo na lista, sozinho, roubou aproximadamente sete milhões de dólares de uma companhia de segurança em Hartford, Connecticut, em 1983. Sem dar sequer um tiro, ele logrou algemar os outros dois guardas que faziam a segurança junto com ele, injetou-lhes uma substância paralisante e “fez a festa”. Qualquer semelhança, não é pura coincidência. A recompensa, engordada pela empresa de segurança, para qualquer informação que conduza à captura de Gerena é de um milhão de dólares.

MH1 (menção honrosa 1). Donald Eugene Webb – Este cara era um bicho, jamais foi preso sem ferir ou matar o policial que o tentava prender. Em 1998, queimou seu chefe e 11 companheiros do escritório de contabilidade onde trabalhava depois de torturá-los por dois dias. Motivo: seu chefe recusou-se a dar o aumento que ele solicitou por ser mais produtivo.

MH2 (menção honrosa 2). Michael Alfonso Extremamente perigo. Era um canibal, ele matava, fazia picadinho e comia as namoradas. Paradoxalmente estranho é que ele era um imã para as mulheres, não havia uma que não conquistasse.

Via MDig

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!