Agora já é possível jogar videogame na escola, em vez de fazer educação física

Você é apaixonado por videogame, mas sua mãe não deixa você jogar frequentemente, porque tem que estudar? Que tal estudar numa escola que incentiva o uso de games e deixa os alunos jogarem no período escolar?

Isso mesmo. Algumas escolas britânicas estão incentivando os alunos com sobrepeso ou aqueles que não gostam de atividades físicas a fazer “curso de Wii”. O Wii Fit envolve jogos que estimulam os movimentos, motivando movimentos aeróbicos.

wii2A Northfleet Technology College comprou quatro consoles e está selecionando alunos entre 11 e 14 anos para sessões de “educação física”. Um especialista em educação disse que o projeto “favorece os caprichos daqueles que são preguiçosos”.

Segundo declaração de Aaron Brown, que administra as aulas, elas são ótimas para motivar os rapazes, antes insatisfeitos com os exercícios físicos.

“É ótimo ver os meninos desfrutando de exercícios de novo – mesmo que seja através de um meio não tradicional. Alguns dos jogos são bastante exigentes”, declarou ele ao Daily Mail.

Mas é bom ir com calma. Nem todo mundo está de acordo com as mudanças e a polêmica começa. Nick Seaton, representante do grupo Real Education, disse que “a escola parece estar cedendo aos caprichos daqueles que são preguiçosos. Alguns alunos podem não gostar de fazer esportes, mas às vezes todos nós temos que fazer coisas que não gostamos”.

No mês passado, o Wii Fit Plus – a versão mais recente – se tornou o primeiro computador a ser oficialmente reconhecido pelo Departamento de Saúde.

Um estudo realizado no início deste ano constatou que os jovens que usam o Nintendo Wii queimam quatro vezes mais calorias do que aqueles que jogam videogame sentado.

Já acessou o iG Jovem hoje?

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!