Alguns dos registros futebolísticos mais bizarros do Brasil

Oeste FC x A.C. Pinheiros (divisão de acesso de Joaçaba –  município do estado de Santa Catarina): Público zero

Jogo sem público pagante, estádio com banheiro compartilhado com bar, jogo sem bola. Estes são alguns dados bizarros que nosso futebol coleciona. Como nem todo mundo tem a oportunidade de ser bem sucedido no futebol, sobram as pérolas…

Barbalha F.C x C.E. União (3ª divisão CE): Público zero

A.E. Cadense x A.A. Goiatuba (2ª divisão campeonato goiano – Jogo em que o Túlio Maravilha participou): 1 pagante

Jardim Sport Club x Paracuru Atletico Clube (3ª divisão do campeonato Cearense): 1 pagante

A.C. Pinheiros S.C x EC Internacional (Divisão de acesso de Jaraguá do Sul – SC): Público zero

Associação E. Tiradentes x Itapipoca EC (1ª divisão do campeonato Cearense): 22 pagantes

Associação Tiradentes x Guarani E. Clube (1ª divisão campeonato Cearense): 13 pagantes

Árbitros perseguidos por torcedores.

Vestiário só havia um vaso sanitário para uso das duas equipes, dos árbitros e de um bar que funcionava no estádio.

Jogador expulso porque mandou o árbitro apitar “jogo de botão”

Jogo não acabou por falta de bola.

Jogador expulso por desfirir uma cusparada no rosto de um adversário “fora da disputa de bola“.

Via Pombo sem Asa

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!