Americana, que já gastou R$ 30 mil em injeções para aumentar os quadris, afirma que já usou até óleo de soja

Uma mulher que gastou aproximadamente R$ 30 mil em tratamentos e injeções para aumentar o quadril resolveu escrever um livro contando como funciona o mundo secreto dos procedimentos cosméticos no mercado negro.

Num relato cru e sincero, Vanity Wonder, uma mãe de 30 anos do Centro-Oeste dos Estados Unidos, revela que tornou-se viciada em silicone para aumentar o tamanho das nádegas.

O que se vê hoje, é o resultado de várias aplicações, inclusive de óleo de soja, que deixou-a com uma aparência contestável, porém, satisfatória para a própria Vanity.

Ao Daily Mail, ela contou que resolveu escrever o livro porque queria contar sua própria história e, também, esclarecer alguns equívocos sobre os procedimentos.

Ela conta que o principal motivo pelo qual as mulheres procuram o mercado negro para se submeter ao procedimento é pessoal.

“Elas olham no espelho e não gostam do que vêem. Elas querem que a imagem do espelho coincida com a imagem que elas têm de si próprias na cabeça”.

Vanity disse que parou com os procedimentos porque quase foi mandada para a prisão, e percebeu que, se alguma coisa acontecesse com ela, não seria capaz de cuidar dos filhos.

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!