As chinesas com pés de bonecas [8 fotos]

A pornografia chinesa estava concentrada no ‘pé de lótus’! Quando os chineses faziam referências a sonhos orgíacos, era o pé de lótus que entrava em cena! Por gerações e gerações, o erotismo chinês nas pinturas, esculturas e literatura esteve concentrado nas imagens do pé de lótus!

Os pés pequenos já eram louvados pelos poetas da época do grande Confúcio, 2.500 anos atrás. Numa certa época, eles decidiram redesenhar o pé das mulheres. E isso se tornou, para eles, o mais belo, o mais excitante espetáculo de sensualidade. O pé da mulher adulta foi condicionado a ser eterno pé infantil. A arte de impedir o crescimento do pé levava ao surgimento de uma curva muito pronunciada – e que eles consideravam extremamente graciosa. As mulheres chinesas evitavam ao máximo caminhar quando tinham os pés presos em bandagens. O tecido da pele era incrivelmente aveludado, doce.

A bandagem era feita pela mãe ou pela irmã mais velha. Mas quando a menininha tinha seus 13 anos, ela mesmo fazia a operação. Esparadrapos de 3 metros de comprimento e cinco centímetros de largura cobriam quatro dedos dos pés, à exceção do grande artelho. Isso durava de quatro a seis anos. No final, a chinesinha tinha seu pé desenhado pelo sonho e construído pelo método. Os pezinhos tinham dez centímetros de comprimento, cinco de largura. Eram pés de bonecas. Veja as fotos, clique aqui.

Compare preços de serviços de clínicas de estética.

Colaboração da Camila

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!