Atacante mais velho do Brasil ganha fama internacional

Não, não é o Romário. O atacante brasileiro mais velho em atividade ganha destaque, agora, no exterior. Pedro Ribeiro Lima, 58 anos, dono e atacante do Desportiva Perilima de Futebol, da Paraíba, é notícia na La Gazzetta dello Sport, o diário esportivo mais importante da Itália.

Após disputar a segunda divisão do Campeonato Paraibano em 2005, o time do excêntrico jogador retornou neste ano à elite do futebol do estado. O fato curioso é que dois times subiam para a primeira divisão em 2007 e, no ano passado, apenas dois clubes disputaram o acesso. O Perilima acabou na segunda colocação e “conseguiu” ascender.

Na reportagem do jornal italiano, também é destacada a péssima campanha na temporada atual. Em quatro partidas, o Perilima sofreu quatro derrotas, três delas por goleada, relembrando os piores momentos da curta vida do clube, que foi fundado em 1992. Atualmente, o time é uma extensão da empresa de Ribeiro e todos os jogadores do elenco são também funcionários da empresa.

O fato mais bizarro aconteceu na temporada atual. Na derrota para o Campinense pela segunda rodada do Paraibano, o técnico José Carlos decidiu substituir o presidente e atacante titular Pedro Lima da equipe quando o placar apontava 6 a 0.

Apesar de contrariado, Lima deixou o campo e viu o jovem Rumennig entrar em seu lugar. Mas a substituição pouco adiantou e o Perilima ainda sofreu mais um gol, finalizando a goleada em 7 a 0, segunda maior do estadual. A primeira pertence ao Treze, por 11 a 0, justamente sobre o clube do atacante veterano, ocorrida na última quarta-feira.

Dono do clube em que atua, ele reconhece que só consegue entrar em campo porque é o mandatário do time, pelo qual estreou aos 51 anos. “Hoje eu jogo mais para motivar a turma que está em campo. Ontem, por exemplo, tínhamos quatro desfalques, a zaga era nova e causa transtorno. E quando começa a entrar, não dá tempo de corrigir”, lamentou o veterano.

Via: Terra

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!