Barraco em pleno julgamento, em Minas Gerais

Para quem não lembra (ou não sabe), um dos envolvidos na confusão que você verá no vídeo é Ércio Quaresma, advogado que defendeu o goleiro Bruno em 2010, no caso Eliza Samudio. O outro, é um capitão da PM que, ao que parece, é testemunha num caso de homicídio.

No julgamento, ocorrido em São João del-Rei, na Região Central de Minas Gerais, Ércio acaba batendo boca com o capitão, a ponto da juiza interferir de maneira ríspida. Um verdadeiro show de desrespeito.

Update: Alguns leitores enviaram o vídeo abaixo, que fala mais a respeito do episódio.

Via Treta

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!