Como é feita a cerveja? Conheça todas as etapas de fabricação

Você sabe como é feita a cerveja? Este produto que é tão querido pelos brasileiro passa por diversas etapas. Assim ela chega no ponto ideal à sua geladeira, pelo Disk Cerveja ou após comprar no mercado.

Apesar de suas variações, o processo é semelhante para todos os tipos de cerveja.O resultado é um bebida com sabor marcante, que conquista os consumidores. 

E para saber como a cerveja é feita, é preciso saber sobre cada uma de suas etapas. Se você quer saber mais sobre o assunto, então continue a leitura deste texto.

Aqui reunimos detalhes importantes sobre os tipos de cerveja, como as etapas do processo e outras curiosidades. Boa leitura!

Afinal, o que é a cerveja?

Mas como podemos definir a cerveja, bebida esta considerada um “néctar dos deuses” pelos seus degustadores?

Em uma descrição simples, a cerveja é um líquido alcoólico, com teor variável. Costuma ser de cor amarelo ouro, mas há variações, como a cerveja preta, opaca e até de cor verde.

Não há uma data exata de origem da cerveja. Mas pesquisas mostram que  há registros iniciais de fabricação há cerca de 6 mil anos a.C.

Existem diversos tipos de cerveja, que podem ser artesanais ou industrializadas. No caso das primeiras, elas têm produção em grande escala. Enquanto as do segundo grupo tem uma fabricação mais exclusiva. 

Quais os principais ingredientes da cerveja?

Quatro elementos são usados para a fabricação da cerveja. São eles: água, cereais, lúpulo e fermento. 

E a bebida passa por vários tanques e moinhos de grãos e bebidas. Além de tubulações, reservatórios, máquinas e esteiras, em um processo que dura até 4 semanas.

Veja mais detalhes sobre os ingredientes da cerveja.

Água

A água representa de 90 a 95% da composição das cervejas. O ingrediente impacta em diferentes aspectos da bebida. Isso inclui  a cor, sabor e teor amargo.

E toda a água usada na fabricação das cervejas passa por um prévio tratamento. E com diversas técnicas, os cervejeiros podem adaptar a água para a composição desejada, de acordo com o tipo de cerveja.

Malte

O malte nada mais é do que os grãos usados na composição da cerveja. Os mais comuns são os de cevadas. Contudo, o centeio e trigo, também podem ser malteados e usados nas bebidas. 

O malte é obtido no processo chamado de malteação. Ou seja, há um controle na germinação do grão para que seus açúcares fiquem disponíveis.

São os açúcares, também chamados de amido, que são usados como alimento para a fermentação da cerveja.

O malte influencia diretamente a cor e sabor da cerveja, tão apreciada nos bares e outros locais.

Lúpulo

O lúpulo é considerado o “tempero da cerveja”. Essa planta trepadeira se desenvolve em climas frios e é responsável pela intensidade do amargor da cerveja. 

E o ingrediente também influencia no aroma da bebida e na qualidade da espuma da bebida.

Leveduras

Por fim, a levedura é um tipo de fungo, sendo um dos mais importantes ingredientes da cerveja.

Ele agrupa os demais ingredientes para resultar na deliciosa bebida que nós conhecemos.  Por meio da fermentação, a levedura vai transformá-los em álcool e gás carbônico.

Passo a passo da fabricação de cerveja industrial

E afinal, como é feita a cerveja? O produto é fabricado em um passo a passo bem específico. 

Ficou interessado em saber como ocorre a fabricação da bebida mais antiga da humanidade? Então acompanhe abaixo!

Maltagem

A produção da cerveja começa com a maltagem. Este é um processo que dura oito dias para obter o malte, por meio de grãos de cereais.

A cevada e o trigo são colocados em um tanque. Eles são umedecidos e germinam para no fim obter a base da cerveja.

Brassagem

Nessa etapa, o malte moído é adicionado à água quente. Porque será preparado o mosto, um chá grosso e doce. 

Após cozinhar por cinco horas, o mosto vai a outro tanque. Neste local recebe os demais ingredientes da cerveja. 

Fermentação

O processo de fermentação é a terceira etapa de como é feita a cerveja. Aqui o produto que está no tanque chega ao estágio de fermento, que transforma o açúcar em álcool. 

Nas cervejas de baixa fermentação, o processo ocorre abaixo do tanque, em temperaturas de até 12ºC. Já em produtos de alta fermentação, o processo é na superfície, entre 15 e 24ºC. 

Maturação

Depois da fermentação, a cerveja é resfriada a temperatura de 0C, para poder entrar na fase de maturação.

Nesta etapa, o líquido descansa, onde o seu sabor, corpo e aroma são definidos. A média do processo é de 21 dias.

Resfriamento

Na próxima etapa, a cerveja já é uma bebida, mas ainda apresenta partículas sólidas. Então a filtragem é feita pelo resfriamento. Nesse processo, a bebida fica mais límpida e brilhante.  

Envase

Agora a cerveja vai para garrafas, latas ou barris, no processo de envase. A escolha do recipiente é muito importante para que a bebida não estrague antes do prazo.

Porque a luz e a temperatura ambiente provocam reações químicas que deixam o líquido com sabor ruim..

Pasteurização

A última etapa de como a cerveja é feita se chama pasteurização. Aqui, a cerveja é aquecida a 60 C e rapidamente resfriada até a temperatura ambiente.

Essa ação estende o prazo de validade das cervejas para seis meses. Quando não é pasteurizada, a bebida pode durar somente 15 dias em barril fechado.

Principais erros na produção de cerveja

Fabricar uma cerveja não é um procedimento tão complexo. Contudo, erros podem acontecer, o que gera prejuízos, com a mudança do gosto, do aroma e perda de qualidade da bebida. 

Isso afasta o consumidor e causa um gasto financeiro que pode ser evitado. Para isso, veja a seguir alguns dos erros mais comuns neste processo:

  • controle inadequado de temperatura; 
  • lavagem ou filtragem curtas;
  • resfriamento curto;
  • moagem muito grossa ou muito fina;
  • baixa conversão enzimática;
  • não fermentar corretamente;
  • ferver de forma inadequada.

 

É importante lembrar que além de evitar esses erros, manter a higiene em todas as etapas garantem um produto de qualidade para o consumo.

Conclusão

Entender como é feita a cerveja também ajuda o consumidor a escolher as bebidas. Porque ele irá saber as diferenças de sabor e aroma que cada etapa pode trazer.

Por isso, vale a pena conhecer essa ação, para assim garantir que você tenha sempre uma bebida saborosa e de qualidade para degustar.

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
À Toa na Net Garotas de Programa Tenso Acompanhantes SP O Macho Alpha Disk Acompanhantes
Comenta aí, butequeiro!