Comunidade desenterra parentes durante festival e fazem até selfie com mortos para registrar momento

As imagens podem chocar muita gente, mas o que assusta várias pessoas acaba alegrando um pouco mais a vida de outras. Curiosamente, esta cena é muito comum em algumas regiões da Indonésia, como na comunidade de Torja. Anualmente, no mês de agosto, eles exumam seus entes queridos das sepulturas, limpam os corpos, vestem roupas novas e os expõem para que os parentes possam matar um pouco da saudade. Alguns até recebem acessórios dos quais tinham apreço, como cigarro, óculos escuros e bonés. O cadáver neste dia é tratado como um humano vivo.

Além de celebrar, o objetivo do festival é criar uma conexão entre a vida e a morte. Eles pensam que as pessoas não estão mortas, mas doentes. Não há nenhum obstáculo para que turistas participem do festival. Pelo contrário, eles tendem a fazer parte do evento.

No final do evento, as roupas são retiradas novamente e o corpo é cuidadosamente guardado no caixão junto com vários presentes. A religião da comunidade de Torja é cristã protestante.

Crédito

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
À Toa na Net Garotas de Programa Tenso Acompanhantes SP O Macho Alpha Disk Acompanhantes
Comenta aí, butequeiro!