Conheça 7 pessoas que passaram por incríveis transplantes de rosto

A ciência é realmente fascinante. Há alguns anos, pouca gente poderia imaginar que um transplante de rosto seria possível. Hoje, não é só uma realidade, mas também já é possível listar alguns casos incríveis. Confira.


Este é o antes e o depois de Richard Lee Norris, de 37 anos. Em 1997, ele feriu-se em um acidente, perdendo nariz, lábios e o movimento da boca. Em 2012, ele tornou-se a primeira pessoa do mundo a fazer um transplante facial completo. Atualmente, ele tenta levar uma vida normal, já trabalha e tem uma namorada. Infelizmente, não consegue fazer muitos movimentos com o rosto e tem um pouco de dificuldade para falar. Richard também precisa tomar uma quantidade grande de remédios imunossupressores para evitar que o corpo rejeite a nova pele.

Em 2015, Rebekah Aversano conheceu Richard, o receptor do rosto de Joshua Aversano, seu irmão.

 

 

 


Isabelle Dinoire foi atacada por um labrador e teve parte do rosto danificada, deixando-a sem lábios e parte do nariz. Em 2005, ela passou por um transplante de rosto no Centro Hospitalar Universitário, em Amiens, França. Infelizmente, em 2016, Isabelle morreu em decorrência de um câncer provocado pelos tratamentos aos quais ela estava sendo submetida para evitar a rejeição da pele. Antes de sua morte, ela ainda sofreu um novo episódio de rejeição e perdeu uma parte dos movimentos dos lábios.

 

 

 

 


Dallas Wiens foi o primeiro americano a receber um transplante completo de rosto. Ele teve a face desfigurada em 2008, quando entrou em contato com uma linha de potência ativa de alta tensão.

Em 2011, ele passou por uma cirurgia de 15 horas e em 2013 casou-se com uma outra paciente que ele conheceu em um grupo de apoio a sobreviventes de queimaduras.

 

 

 

 


Connie Culp foi baleada no rosto pelo marido e teve seu nariz, bochechas, céu da boca e olhos afetados. Ela passou por 30 cirurgias de reconstrução, mas ficou incapaz de comer alimentos sólidos, respirar por conta própria e sentir cheiros. Mais tarde, foi submetida a uma outra intervenção que substituiu 80% do seu rosto, incluindo ossos, músculos, nervos, pele e vasos sanguíneos. Este foi o quarto transplante de rosto do mundo.

Connie morreu em 2020, aos 57 anos. A causa da morte não foi revelada.

 

 

 

 


Pascal Coler sofria de uma terrível doença que acabou deformando seu rosto. Em 2008, uma equipe de cirurgiões franceses, liderados pelo professor Laurent Lantieri, deu-lhe um novo motivo para viver. A operação substituiu o rosto de Pascal pelo de um doador. A cirurgia levou 16 horas e envolveu tecidos, nervos, artérias e veias. Pascal disse que o dia da cirurgia foi o mais feliz da sua vida.

 

 

 

 


Aos 30 anos, este homem foi atacado por um urso, em outubro de 2004. Ele teve parte do rosto arrancado e os médicos decidiram tentar um transplante depois que um enxerto usando a pele do seu braço falhou. O doador era um homem de 25 anos que morreu em um acidente de carro. A operação foi realizada na China e levou 18 horas para ser concluída. Quatro diferentes drogas foram administradas para reduzir as chances de rejeição.

 

 

 

 


O turco Ugur Acar levou parte da vida com o rosto deformado em virtude de um incêndio ocorrido quando ainda era criança. Em 2012, ele recebeu o tecido da face de um doador de 45 anos. Ugur entrou para a história da medicina como a primeira pessoa a receber transplante de face completa na Turquia.

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
À Toa na Net Garotas de Programa Tenso Acompanhantes SP O Macho Alpha
Comenta aí, butequeiro!