Conheça os produtos que a NASA ajudou a criar

Nas três primeiras décadas do programa espacial norte-americano, mais de 30 000 produtos nasceram a partir de experimentos realizados no espaço. Da ida do homem à Lua, por exemplo, surgiram alarmes de incêndio e materiais resistentes a chamas.

Na rotina doméstica, não há eletrodoméstico ou aparelho portátil que tenha saído das pranchetas dos projetistas sem passar pelas mãos de astronautas. Há vários exemplos.

MÁQUINA DE LAVAR: A Nasa buscava uma maneira de lavar os pára-quedas que ajudam na frenagem do ônibus espacial. Os técnicos queriam um método rápido, eficiente e ecologicamente responsável. Descobriram que a solução seria adicionar ozônio na água. O elemento permite a redução na quantidade de água e outros produtos químicos. A tecnologia foi incorporada às máquinas de lavar comerciais
ASPIRADOR DE PÓ: Foram estudos da Nasa sobre a vibração de partículas (incluindo as de pó), que deram origem ao equipamento. Hoje existe um fabricante que até conseguiu desenvolver uma nova pá, 400% mais resistente que a usada nos modelos tradicionais e 75% menos ruidosa
LENTES DE ÓCULOS: Elas possuem um filme feito à base de carbono e diamante, material mais resistente do mundo, criado pela Nasa para evitar riscos no revestimento da nave. Com a tecnologia, as lentes têm resistência dez vezes maior aos riscos
MAIÔS E SUNGAS: A superfície de um ônibus espacial não é lisa. Ela apresenta pontos de alto e baixo relevo responsáveis por diminuir o atrito com o ar. Fabricantes conseguiram reproduzir esse revestimento em silicone e aplicaram ao tecido de maiôs e sungas de atletas. A novidade faz com que nadem 15% mais rápido do que o normal
REFRIGERADORES: O revestimento das naves espaciais é projetado de tal forma a permitir aquecimentos e resfriamentos extremos. Esta tecnologia foi adaptada à fabricação de geladeiras sem tampa. Usadas em supermercados, elas compensam o aquecimento do ambiente (ou resfriamento), ajustando sempre a temperatura na câmara onde os alimentos ficam expostos em prateleiras
COMIDA DE BEBÊ: Ingredientes à base de alga marinhas são usados em papinhas e contribuem com o desenvolvimento mental e visual dos bebês. Esta descoberta foi feita pela Nasa, que procurava o melhor alimento para astronautas em viagens longas
TACOS DE GOLFE: A partir de pesquisas que combinam metal e líquido, a Nasa conseguiu produzir uma liga muito mais resistente e flexível que o metal. Fabricantes de tacos de golfe usaram a tecnologia e conseguiram produzir bastões que permitem tacadas mais certeiras. Isso porque o vibra menos e aumenta o impacto sobre a bola
MONITOR CARDÍACO: Para acompanhar o ritmo dos batimentos cardíacos dos astronautas durante as missões, a Nasa precisava de um método simples sem usar catéteres. Para pesquisá-lo, a agência espacial se associou a um instituto de cardiologia. O resultado foi o desenvolvimento de um sistema eletrônico de monitoramento via satélite. O aparelho, usado pela primeira vez em 1983, é comum nos hospitais atualmente
FAIXA ANTI-CHOQUE: Após um choque, o corpo acumula sangue no abdômen e nas pernas. A irrigação dos órgãos também fica comprometida. Pensando em reduzir ao máximo os efeitos dos choques em casos de acidentes no espaço, a Nasa criou um tipo de atadura que nivela a pressão sanguínea, dando mais tempo para atenderem o astronauta. A idéia é utilizada por pára-médicos na hora de levar acidentados, principalmente no trânsito, para o hospital. É uma forma de aumentar as chances de salvamento

[ FONTE ]

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!