Curiosidades do nosso dia-dia

Por que se deve escrever “um” com “h” ao se preencher um cheque?

Quem disse? Aposto que foi um funcionário do seu banco. Várias instituições me informaram que essa prática tem por objetivo dificultar fraudes.

Apenas a Caixa foi específica, esclarecendo que o “h” impediria dois tipos de trapaça: (1) a transformação do “um”, de “um mil”, em “cem”, presumivelmente fazendo-se uma curvinha para a direita no alto do primeiro traço do “u” e uma alcinha no topo do segundo, e (2) a inserção, no extenso, de um número qualquer, digamos “dez”, na frente da expressão “mil reais”.

A justificativa 1 não é nada convincente. Escrever “hum mil” é péssimo português e não apenas por causa da afronta à ortografia. O extenso do número 1.000 é “mil” e não “um mil”.

Em vez de ofender a gramática, não seria muito melhor tomar-se o cuidado de não deixar espaços em branco antes e depois do valor numérico e do extenso? O uso de traços e outros símbolos gráficos, como o sustenido (#), bastaria, assim: #mil reais# e #R$1.000,00#.

Deve-se jogar papel higiênico no vaso sanitário?

Então, por que freqüentemente vêem-se, em banheiros públicos, avisos para que não se os jogue no vaso*?

As companhias de água e esgoto e os fabricantes de papel higiênico brasileiros em geral recomendam que o papel usado – e outros sólidos tais como fraldas, absorventes íntimos, cigarros e bicicletas velhas – não seja jogado no vaso. Isso porque o papel causa entupimentos da rede de esgotos e maior consumo de água no ato da descarga.

O curioso é que as companhias de saneamento estrangeiras que consultei, duas da Grã-Bretanha e uma da Austrália, foram unânimes em recomendar que o papel higiênico seja, sim, eliminado pela privada, exatamente porque ele se dissolve facilmente na água. Não sei se os canos ou o papel deles, ou ambos, são melhores do que os nossos.

O que são as esferas coloridas que às vezes se vê nos cabos de alta tensão?

Nunca percebeu? Da próxima vez em que passar por uma estrada, note que quando ela for cruzada por cabos aéreos de alta tensão, em pelo menos um deles haverá algumas esferas vermelhas ou cor de laranja.

Trata-se de um dispositivo de sinalização para alertar aeronaves da existência dos cabos (eu detestaria que meu avião se enroscasse em cabos nos quais passam 69.000 volts ou mais).

As esferas têm 60 cm de diâmetro e pesam de 6 a 7,5 kg. São feitas de resina epóxi, poliéster, polietileno de alta densidade ou material equivalente e reforçadas com fibra de vidro. São colocadas não apenas no cruzamento das linhas de transmissão com estradas de rodagem, mas também nas proximidades de aeroportos e helipontos, em pontos nos quais os vãos entre os cabos e o solo ou a água sejam iguais ou superiores a 150 metros e na travessia de ferrovias, dutos, rios e lagos, entre outros. Geralmente ficam no cabo pára-raios.

Por que os preços da gasolina, do álcool automotivo e do diesel têm três casas decimais?

O real divide-se em 100 centavos, certo? Então por que esses três produtos têm o seu preço expresso em milésimos de real nas bombas dos postos de venda ao consumidor? Porque quando o real foi criado, verificou-se que diversos itens que compõem a estrutura de preços dos derivados de petróleo e do álcool automotivo só tinham representatividade após a segunda casa decimal.

Seus pesos individuais no preço final do litro eram inferiores a um centavo e arredondá-los para cima levaria a um aumento expressivo do preço total do litro. Era o caso, por exemplo, das despesas com pessoal da refinaria e do frete de entrega no posto.

Quando você encher o tanque, a bomba apresentará um valor final com três casas decimais. A terceira deve ser abandonada e não arredondada, mesmo que seja um 9. Assim, se o preço total for de, digamos, R$45,649, você deverá pagar apenas R$45,64 e não R$45,65.

Se soubesse disso desde 1994, você já teria economizado o suficiente para comprar um pirulito! Independentemente das casas decimais, o posto pode cobrar preços diferentes para o mesmo tipo de combustível para pagamento à vista e a prazo. Por estranho que possa parecer, a Agência Nacional do Petróleo, que é o órgão regulador, considera que o pagamento com cartão de crédito é à vista.

Fonte

Compare preços de:
Celular | PS3 | Webcam | Miniaturas de bonecos | Disco de Vinil | Fotografias antigas

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!