De volta a discussão: bandido bom é bandido morto?

Bandido é morto a tiros por policial civil no meio da rua, em Salvador

O policial civil e estudante de direito de prenome Gustavo reagiu a um assalto e matou o bandido depois de entregar-lhe certa quantia em dinheiro e o celular.

Somente à noite, ele prestou depoimento à delegada titular da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV), e alegou que o desconhecido reagiu a tiros à voz de prisão. Mas testemunhas afirmaram que o ladrão estava de costas e tentava fugir quando recebeu vários tiros na cabeça.

Armado com um revólver calibre 38, o assaltante tinha acabado de roubar celulares e dinheiro de quatro pessoas, entre eles um motoboy, nas imediações de um shopping, quando resolveu abordar o policial, na escadaria do Empresarial Ômega, por volta das 14h30. Vestido com paletó, Gustavo seguia para um escritório de advocacia localizado no prédio, em companhia de uma mulher, onde é estagiário.

Um curioso gravou algumas cenas pouco depois da morte do assaltante. Note que o policial ainda está ao lado do corpo com a arma na mão.

Perguntar não ofende, você acha que bandido bom é bandido morto ou o policial errou ao, supostamente, atirar no bandido pelas costas?
Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!