Enganou-se no quarto e fez sexo com mulher errada

Um australiano que alega ter tido relações sexuais ‘com a mulher errada’ depois de entrar num quarto escuro na casa da editora de uma revista de Sydney foi acusado de estupro.

Paul John Chappell, de 31 anos, foi convidado pela editora a ir até sua casa depois de terem se encontrado numa balada à noite. O casal foi para a cama e Chappell levantou-se para ir até o banheiro. Mas no regresso ao quarto, Paul alega que se enganou na porta e entrou no quarto onde a companheira de casa da editora, de 23 anos, dormia.

Ele deitou na cama e iniciou o ato sexual, alegadamente acreditando que estava com a outra mulher. A colega de casa colaborou porque pensava que era o namorado que tinha ido para a cama, após ter adormecido no sofá.

Só quando acendeu a luz é que ela percebeu que era Chappell que estava lá e não o namorado, que continuava a dormir no sofá.

A moça acusa-o agora de estupro. Chappell garante ser inocente e o argumento a utilizar pela defesa é que ‘tudo não passou de um engano. Ele cometeu um erro. Entrou no quarto errado e teve relações sexuais com a pessoa errada’.

Em declarações à polícia, a editora afirmou que Chappell estava ‘muito bêbado’ quando chegaram a casa e que quando foram para a cama ela recusou-se a fazer sexo.

O julgamento está marcado para a próxima semana.

Fonte

Compare preços de:
Celular | PS3 | Webcam | Miniaturas de bonecos | Disco de Vinil | Fotografias antigas

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!