Espetinho de rato é a iguaria mais popular no Malaui


Aquecido, salgado ou seco – o camundongo – acredite – é a iguaria popular do momento nas estradas e feiras livres no Malaui.

O hábito alimentar, que para nós parece estranho, começou graças aos campos de milho e depósitos de grãos, frutas e ervas, que acabam atraindo cada vez mais a atenção dos insetos e roedores.

Para capturar, os caçadores cavam buracos e colocam vasos de argila cheios de água. De acordo com o Daily Mail, a isca fica na boca do pote, onde eles colocam algumas cascas de milho. Como eles não resistem, acabam caindo no vaso e morrendo afogado. Depois é só colocá-los em espetinhos – no estilo daqueles que usamos nos tradicionais churrascos – e condimentá-los. Entre as espécies mais apreciadas está o Kapuku, um rato cinza que possui cauda mais curta do que os ratos que nos habituamos ver.

Para quem não sabe e acha tudo isso absurdo, o Malaui possui uma população de 12 milhões de pessoas e é um dos países mais pobres do mundo, com índices galopantes de doença e fome, agravados por secas periódicas.

Já acessou o iG Jovem hoje?

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!