Fotógrafa cria intimidade de celebridades com sósia

Madonna é flagrada passando roupa, a rainha Elizabeth 2ª, de calcinhas arriadas, sentada na privada; Mick Jagger, ao receber uma aplicação de colágeno nos lábios.

Essas e outras imagens bem-humoradas e por vezes constrangedoras fazem parte do livro Confidential, da britânica Alison Jackson, que está chegando às lojas britânicas no final de setembro.

As celebridades, no entanto, não passam de sósias em situações armadas pela artista.

O livro de Alison Jackson reúne 300 imagens que satisfazem a curiosidade voyeurista que muitos têm sobre a vida de diversas celebridades, em situações que poderiam ser reais – mas nunca o são. Veja abaixo algumas fotos:


‘Paris Hilton’ aparece na foto de Alison Jackson em uma cena de banheiro de prisão. Na vida real, a herdeira dos hotéis Hilton passou alguns dias presa por ter dirigido sem carteira nos Estados Unidos.


Em outra cena bem-humorada, Alison Jackson recria com um sósia do presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, uma foto no estilo paparazzi do líder tentando solucionar o cubo mágico, um quebra-cabeça popular na década de 80.


Nem mesmo a sóbria rainha da Inglaterra, Elizabeth II, escapou do humor mordaz de Jackson. Em preto e branco, uma sósia “revela” a intimidade da monarca britânica. Como nas outras fotos, a verdadeira rainha não foi consultada nem autorizou a foto de Jackson.


Em uma brincadeira com o cantor dos Rolling Stones, Mick Jagger, Alison Jackson, criou um “flagrante” do britânico, vivido por um sósia. A cena se passaria durante a aplicação de enchimento de colágeno nos famosos e volumosos lábios do sexagenário roqueiro.


Será que a multimilionária cantora pop Madonna passa roupa em casa? A imaginação de Alison Jackson transformou a curiosidade de muitos em realidade ao fotografar uma sósia da glamourosa cantora com um ferro de passar na mão.

“A semelhança vira realidade e a fantasia toca o crível. Tento destacar o relacionamento psicológico entre o que vemos e o que imaginamos”, afirma a fotógrafa.

O livro traz comentários de escritores como Will Self, Charles Glass e William Ewing, que atualmente dirige o Museu de l’Eysée, na Suíça.

O livro de Jackson vai ser publicado pela editora Taschen e chega às lojas da Grã-Bretanha no dia 28 de setembro.

[ FONTE ]

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!