Fotógrafo faz sucesso ao registrar o estouro de uma bola de sabão em super-slow-motion

Para o olho humano, arrebentar uma bolha de sabão não é nada extraordinário. Mas, ver o processo em super-slow-motion, usando uma câmera especial, é espetacular.

Richard Heeks, o fotógrafo, levou – pasme – uma semana para capturar cada uma das imagens.

Segundo o jornal Daily Mail, Heeks usou uma câmera de alta velocidade de obturação (1/500 th). O processo revelou que a bolha e constituída por três camadas – uma fina camada de água entre duas camadas de moléculas de sabão.

A sequência inteira levou um mês para ser feita. “Eu estava procurando coisas novas, novas ideias para fotografar e achei que as bolhas ficariam lindas. Com um pouco de sorte eu conseguiria capturar o momento do estouro”, disse Heeks.

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!