Fotos incríveis do acidente de Kubica na F1

(clique para ampliar)

A célula de sobrevivência evitou o pior, e Kubica teve apenas uma torção no tornozelo. Ele escapou graças à resistência da célula de sobrevivência, que agüenta impactos de até 25 toneladas.

A célula de sobrevivência é feita para agüentar fortes impactos como o do acidente de Robert Kubica no GP do Canadá. A estrutura é formada por várias camadas de fibra de carbono e uma de alumínio, suporta até 25 toneladas.

Colaboração do Daniel Costa (por e-mail)

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!