Fotos interessantes e as histórias por trás delas (Parte 166)

Confira outra sequência de fotos interessantes e suas histórias.

Juju Oliveira, transex de Passo Fundo (RS) que injetou 250 ml de silicone industrial no rosto. Com o tempo, a substância aumentou de volume e desceu para as bochechas e pescoço, causando aparência de inchaço. Ela reclama que hoje as pessoas a discriminam e chamam de “Fofão”, em referência ao personagem infantil.

Layout da cabine de um Boeing 737

Esta é a quantidade de comida que você pode comprar com o mesmo dinheiro gasto para comprar um maço de cigarro na Austrália

Este é Dina Sanichar, o mogli da vida real. O garoto foi encontrado em 1872 vivendo na selva. Eles o encontraram caçando ao lado dos lobos e notaram que também andava sobre os quatro membros. Ele morreu em 1895, vítima de tuberculose, com apenas 29 anos (idade estimada)

Em 1971, Juliane Koepcke, de 17 anos, foi arrancada de um avião que sobrevoava a Amazônia após ser atingido por um raio. Sua poltrona ficou presa nas árvores, o que permitiu que sobrevivesse. Ela acordou no dia seguinte com uma clavícula quebrada e alguns cortes profundos pelo corpo, mesmo assim caminhou pela floresta em busca de ajuda. Após 10 dias sozinha na selva, ela foi encontrada numa pequena cabana e resgatada

A tribo Sateré-Mawé acredita que qualquer menino que queira se tornar um homem precisa passar pela pior dor que a selva pode oferecer, então enfiam luvas repletas de formiga bala nas mãos deles. A formiga bala é uma espécie de formiga que possui a picada mais dolorosa que qualquer inseto e comparada a um tiro

É assim que ficam as mãos depois de remar 965 quilômetros no Oceano Artico. Essas são as mãos de Alex Gregory, bicampeão olímipico de remo. A jornada de um mês e meio fez quebrar 12 recordes mundiais enquanto arrecadava dinheiro para uma escola no Himalaia

Sarah Hildebrandt, lutadora americana de estilo livre, após uma sessão de treino

Lutadora do UFC, Polyana Viana, espanca e rende ladrão que tentou roubá-la usando uma arma falsa no Rio de Janeiro

Prato nacional da Islândia: Hákarl. Anthony Bourdain, falecido chef que ficou conhecido por viajar o mundo comendo esquisitices, uma vez descreveu como “a pior coisa, mais nojenta e terrível de sabor” que ele já comeu. Ele disse que tinha cheiro forte de amônia (como dos produtos de limpeza) e “infecção de fermento vaginal deixado sem tratamento por meses”

Annabel Sen, 23, sobreviveu após uma cadeira de madeira cair do 12º andar sobre sua cabeça. Ela sofreu lesão cerebral traumática com risco de morte, entre outras lesões, mas sobreviveu

Influenciadores digitais estão alugando um estúdio que parece um jato particular. A ideia é ostentar sem gastar tanto

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!