Garota de três anos é abandonada pela mãe e criada por cães

Madina (esquerda) se comunica como os cães: rosnando.

Acredite, após três anos de total negligência, funcionários do serviço de assistência social russa encontraram uma garotinha de três anos que vivia criada por cães. Isso mesmo, cães!

De acordo com o Daily Mail, Madina – como é conhecida – andava nua pela casa, roendo ossos e dormindo com os cães. A menina também não possui nenhuma educação e só pronuncia duas palavras: sim e não, além de rosnar como um cão, quando as pessoas se aproximam demais dela.

Sua mãe – apenas conhecida como Anna – tem 23 anos e é alcoólatra. Ela costumava desaparecer de casa e quando aparecia, comia à mesa, enquanto sua filha disputava o resto de comida no chão com os cães.

“A criança é angelical, mas tem sido privada de amor e cuidados, com exceção dos cães”, declarou um dos funcionários.

“Quando a mãe sumia, ninguém brincava com ela além dos cães. Ela dormia com eles durante o inverno”, concluiu ele.

O pai da menina desapareceu logo após seu nascimento. Depois disso, era frequentemente vista em locais frequentados por alcoólatras.

Após ser acolhida, os médicos examinaram a garota e disseram que ela é fisicamente e mentalmente saudável.

Mais vídeos, fotos e notícias curiosas

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!