Grande Hotel da Beira: De hotel luxuoso à abrigo de sem-teto

Nos anos 50, o Grande Hotel da Beira, de Moçambique, era o mais luxuoso hotel da África. O prédio com mais de 130 quartos, salões de dança, várias salas de conferência e uma enorme piscina era o destino mais cobiçado para aqueles que tinham mais recursos para desfrutar de toda sua estrutura. O problema é que o hotel nunca foi rentável, o que ocasionou seu fechamento no início dos anos 60. Depois disso, tornou-se campo de refugiados, uma prisão para presos políticos, alojamento para policiais e exército e, por fim, hoje serve como abrigo para sem-tetos.

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!