Publicidade

Publicidade
21/11/2008 - 00:03

Não pense que já viu de tudo na internet

Compartilhe: Twitter

Vocês lembram do vídeo que publiquei há alguns dias, que mostrava um garotinho iraniano fumando? Dessa vez, o vídeo envolvendo crianças corre por conta de dois garotos briguentos, que se digladiam sobre a câmera e o olhar indiferente de alguns adultos.

O vídeo provoca um misto de sentimentos, que nos deixa até na dúvida sobre a intenção dos sujeitinhos. Fake, brincadeirinha de criança, treta das grandes? Só vendo mesmo.

Seriedade à parte, alguém explica aquela estrela no final do vídeo?

Autor: - Categoria(s): Bizarro, Video Tags: , , , ,

Ver todas as notas

Sem comentários para “Não pense que já viu de tudo na internet”

  1. Gustavo says:

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    aiai… q q akele mlk tinha q entra no meio porraa!?

  2. Nossa, estou impressionado… Cadeia pros pais, pra autor da filmagem e um tratamento sério pra esses futuros marginais.

    Não sei como tem gente que se diverte vendo ou fazendo isso.

  3. Tetevo says:

    Isso foi aqui no Brasil?

  4. Luiz says:

    É aquilo, pensamento de que esta tudo normal, esses dai vão crescer e ser “homens de verdade”.

    Futuros marginais.
    Só Brasil mesmo.

  5. Away says:

    hahahaha… Qdo eu tinha essa idade eu tinha medo de dar murro na cara, achava que se saisse sangue o otro morreria… Hj em dia nem faço mais issu… Só garrafadas, marteladas, chapa nos peitos, soco no coraçao e choque na cabeça pra desentopir o cerebro… nada de tao agressivo…

  6. David says:

    Meu deus em que mundo vocês vivem?

    Caralho..um se diz impressionado, o outro pergunta se foi bo brasil e o outro afirma que serão marginais? pq tenho a impressão de que a maior parte das pessoas que visitam os blogs, são pessoas que nasceram em familia de qm tem dinheiro e nunca virão a realidade de perto… esse tipo de cena acontece muito.. inclusive quando eu morava em cuiaba no mt.. eu vi casos de garotos de 6 e 7 anos q pegavam facas para brigar e já saiam gritando, “Vo mata vc”.. isso acontece.. e nem sempre os pais são os culpados.. e não é pq hoje eles brigam assim que no futuro serão marginais.. Muitas pessoas se depositada uma chance nelas, elas aproveitam e mudam… então mudem seus pensamentos. pensamentos como o de vcs, que fazem este pais ser cada vez mais a merda que é..

  7. Ditao "pé de mesa" says:

    O “David” entao infelismente vc morava numa favela ou coisa pior onde geralmente a lei a mais dificil de alcançar, pq eu vivo em Cuiaba a 25 anos e nunca vi uma criança pegar faca e ameaçar alguem como tu tah falando ae amigao… Não seja insipiente ao pto de citar uma cidade como exemplo de violencia, sendo essa, um problema generalizado e sociologico em que o brasil vem passando a mto tempooo… Sem mais…

  8. David says:

    Ditao “pé de mesa”..
    haha.. vc deve morar ali perto do tres americas né? no jd italia ou algo do tipo né?
    se vc mora em cuiaba a 25 anos.. ja deve ter passado dos 30 a tempos né? então.. não é q eu morava em favela.. mas em lugares onde as familias ganham pouco.. acontece isso amigo.. e se pode ter certeza que quando falei cuiaba num mencionei q ela é a unica errada nao.. citei como exemplo… num estressa nao pakito.

  9. Chumbinho says:

    Da série “Treta Antiga”.

  10. Hugo says:

    Q video lko, é cada coisa viu !

    http://WWW.BLOGODE.COM – MUITAS FOTOS E VIDEOS DE HUMOR POR DIA !!

  11. Juju says:

    Por isso que Deus só vai me dar filhas mulheres!!!

  12. Marcos says:

    nossaa.. num sei pra q tanto dramaa.. isso ae é briga d mlk e pronto e acabou!..

    agora achar q isso va interferir na formação da pessoa.. putz.. foi foda essaa…

  13. frequentadora nº 1000 says:

    Que estrela ? eu não vi nada.

  14. Lico says:

    akela estrela deve ser da capoeira, ela é cheia de firulas e danças,,, e nada de arte marcial….

  15. Danilo Marciel says:

    # 21/11/2008 – 08:31 Enviado por: Juju

    Por isso que Deus só vai me dar filhas mulheres!!!
    ========================================

    Aham com mulher não acontece nada né ? Elas não vão em festas ficam bebadas e são estupradas né?? O namorado delas pde nunca sequestra ela e depois matar né ??

    Se liga cabeção é tudo a mesma coisa o begocio e não ter nenhum dos dois!!!

  16. Vera says:

    deprimente!!

  17. Fabio says:

    Futuros “hospedes” de algum presídio !

  18. Clovis says:

    “A genti somu colega, é tudo genti amiga, pur issu qui nóis si porra, pur issu qui a genti briga”

    Briga normal de mulecada gente, Num sabe brinca num desce pro Play…

  19. Lucas says:

    gente isso eh normal aqui na minha rua acontece direto essas briguinhas entre crianças.
    no outro dia já estao amigos denovo

  20. Icaro says:

    Hihi, me lembrei de meu avô que colocava eu e meu primo para brigar. Depois de meia hora a gente tava brincando…

    kkkk

    Massa

  21. Ananias says:

    Tudo bem que briga de moleque é normal, eu mesmo já briguei muito na rua quando era menino, mas o filho da puta que ficou assistindo e filmando os moleques se arrebentarem, francamente , é um idiota de primeira linha.

  22. Stelios says:

    Quem nunca aqui brigou com 6-7 anos de idade?

    tem gente estressada q culpa os pais e outro fala q vai virar marginal!
    eu briguei pra karalho quando era pequeno, meus pais não foram culpados e não virei marginal!

    QUE PORRADA MANÉ? 😛

  23. Xinxas says:

    Mesmo que seja fake e acredito que seja, pq nenhum dos dois bate com a intenção de acertar e machucar, dá pra perceber… Não consigo ver isso como entretenimento. Esses vídeos nem deveriam ser publicados. Violência já é uma coisa horrível, imagia entre crianças.

  24. Gustavo says:

    Briga de moleque, a coisa mais normal desde 1500a.C.!!!
    Ninguém vira marginal por isso. Pode virar por uma série de outros fatores, mas essas briguinhas fazem parte do aprendizado da vida. Pega nada….

  25. Andrewo says:

    Vão tomar no C* as pessoas que falam que esses são futuros marginais.
    Quem não passou por isso é quem não tem infância.

  26. Geufer Abelardo says:

    Po, o pessoal fica qrendo dar lição d moral e tal…até parece q nunca viram briga d crianças.Não precisa nem ser d favela nem nada pra ver isso. Em todo lugar acontece isso, a nao ser q vc more dentro d uma bolha….SOZINHO!

    E falem o q quiserem, mas q o video eh divertido pacas, isso ele eh…Os pontos fortes são: o mulekinho tentando entrar na briga (primeiro com um golpe onde junta as duas mãos) e segundo qndo ele vai entrar d novo na briga ai chega um cara maior e dá um safanão nele.
    E o outro ponto forte é a estrela, sem a mínima duvida..o guri eh baixinho mas invocado..

  27. Wagner says:

    Parece q tem gente q nunca foi criança…
    Depois de 5 minutos os mesmos q estavam se pegando estarão brincando e rindo juntos…
    E tem +, falam do indivíduo q estava filmando e não fez nada….aposto q muitos de vcs já provocaram garotos menores para q eles brigassem assim como eu tbém já fiz….coisa de pré-adolescente…
    Não influirá em nada na formação moral das crianças…quanto a filmagem e exposicão na internet…”é a inclusão digital”…fazê oq..?

  28. APZeiro says:

    Que bando de hipocrita. Moçada cresce dentro de condomínio de classe média e acha que o mundo é aquilo ali. Eu, como outros que ja se pronunciaram, já levei e dei muita porrada quando moleque. Era briga com vizinho e principalmente com primo. Molecada brincando na rua, qualquer coisa é motivo pra briga, até falar da irmã bonita de algum. E eu aposto que depois de meia hora esses moleques já estavam brincando juntos de novo.

  29. xXx says:

    Esse povo que vive em condomínio não tem noção de nada, tem que sairem mais. Isso foi apenas alguns pivetes brincando de luta, pois quando é briga de mesmo (a vera) rola pedra, pau…. o que tiver próximo. Porém quando o riquinho põe o filhinho numa academia de karatê, judô ou jiu-jitsu, aí pode, aí é chique.

  30. Leo Fantini says:

    O de verde e o valente…o de vermelho acha que é…e o de azul é o pegador de vaquinha…o que impressiona é o camera ….fora isso na infância de classes mais baixas isso yudo é normal….

  31. Marcus Moura says:

    Eu gostei mesmo foi do chega pra lá q o pequenininho tomou… hauhauahuahauahua…. toma poha vê se não atrapalha a briga dos outros hauhauhauahau

  32. Soldado says:

    Ué, eu já vi porradas piores que essa na infância, e os caras cresceram e hoje já tem família, filhos, trabalham…
    Para as pessoas da “classe privilegiada” que comentam coisas toscas como “vão virar marginais”, acordem para a vida!

  33. Nedved says:

    que piada deixa os moleques, quem nunca brigou quando tinha 8/9 anos? Porra, o que eu batia e apanhava nessa idade com meus amigos era brincadeira, nem por isso virei marginal e grande parte deles são meus melhores amigos até agora após mais de 20 anos.

    Vocês tão falando como se o moleque tivesse levado o .38 do pai ou a faca da cozinha da mãe, tenho certeza que no dia seguinte os dois estavam jogando bola no mesmo time.

  34. Flip Rozan says:

    Não vi nada demais. Apenas uma briga de crianças, aposto um pirulito zorro que no outro dia já estavam jogando uma peladinha no meio da rua.

    (uma coisa boa de ser criança, não guardar rancor).

  35. David says:

    hehe.. q nem eu imaginei.. qm nunk passou por isso.. pra nao ver isso a pessoa dever ser muito ocupada da vida ($$$$).. ahahuhauuhau

  36. ** says:

    Apesar de achar que briga de criança acabam rápidas, elas esquecem e se perdoam muito facilmente, eu fico pensando, o idiota com a câmera nem pra apaziguar a briga…

  37. Tatiane says:

    Meu filho tem 5 anos e ele brinca de lutinha ele diz que é o naruto
    meu irmão brincava assim na infâcia e quando alguém chamava ele de cunhado ele queria socar os caras e hoje ele não é nenhum marginal .Obs eu tb brincava assim de luta com minha prima.

  38. ka says:

    lição de moral por causa de uma briguinha de moleques nao da…ooo povinho que nao teve infancia esse!!

  39. G says:

    Carai, isso me lembra de qnd era criança
    Mais agora eu sou totalmente o contrário do que era antes.
    Afinal tenho medo de apanhar
    mais acho q faz parte da infancia essas briguinhas, mas num pod incentiva tanto hehe

  40. lol2 says:

    Macacos na Selva.

  41. Geane says:

    Parece eu
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  42. Mau says:

    Fora do ar???

  43. Markin says:

    VIDEO OFF

  44. Nina says:

    Deu fora de ar!

  45. carlos lisboa says:

    Cresci no Paranoá e Vivi na Invasão da Estrutural regiões da peliferia de Brasília (lá tem favela também) e falo com razão se fosse briga séria um dos moleques tinha tomado um tiro de oitão ou uma facada, no mínimo uma sarrafada (paulada em brasília).
    Isso faz parte da educação de quem vive lá senão vira um cara cheio de frescura que não sabe encarar dificuldade.

    Esse negócio de virar marginal é conversa de fresco de condomínio, pseudo intelectual ou coisas do gênero, capaz de pararem de postar por causa da discussão. Se esses moleques não tiverem boas escolas ai sim eles serão bandidos.

  46. Lenise says:

    ”no mínimo uma sarrafada (paulada em brasília).”

    NINGUÉM fala isso em Brasília O.o

    Sobre o vídeo, está fora do ar 🙁

  47. germano says:

    quero ver o videoooo denovooooo….

  48. empânico says:

    Incrivel os comentários idiotas feitos aqui. Comum não é o mesmo que normal. Acontece muitas vezes mesmo e por isso o mundo está errado há muito tempo também… vão virar marginais mesmo… seja como pivetes seja como adultos que levam vantagens sobre outros, não paga as dívidas que tem e toma aquele choppinho… seja como adultos que batem em mulheres… seja como adultos que falam mal de outros… pra mim essa atitude é de marginal sim… está tudo errado! Embora não tenha visto o vídeo pq foi desativado… hehehe!

  49. […] 9) Não pense que já viu de tudo na internet […]

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo