Publicidade

Publicidade
19/01/2009 - 00:02

Comercial polêmico adverte sobre os riscos de remédios falsificados

Compartilhe: Twitter

Certamente você já deve ter recebido centenas de e-mails com propagandas e promoções de venda de remédios via internet. Esta prática despertou a atenção de um laboratório, que lançou uma campanha, no mínino, chocante. Um homem puxa um rato morto de sua boca depois de tomar um comprimido que supostamente comprou na internet.

De acordo com o britânico Telegraph, um em cada dez homens confessaram a compra de medicamentos através da internet sem qualquer prescrição. Um dos mais populares é o Viagra.

O anúncio será reproduzido em cinemas do Reino Unido e mostra, através de uma cena chocante, o que remédios comprados nessas condições são capazes de fazer.

O locutor adverte: “Veneno de rato é um dos ingredientes perigosos que compõe remédios falsificados comprados em sites ilegais”.

“Esta campanha faz parte de uma ampla campanha de educação pública lançada pela Pfizer no ano passado para garantir que o público esteja ciente dos riscos de saúde que estão correndo ao comprar e consumir medicamentos sem procedência”, declarou o Dr. Davir Gillen, diretor da Pfizer.

Autor: - Categoria(s): Bizarro, Curiosidade, Video, Wowww Tags: , ,

Ver todas as notas

7 comentários para “Comercial polêmico adverte sobre os riscos de remédios falsificados”

  1. Tatiane says:

    Que nojo …Remédio só com prescrição médica ou farmacêutico
    pq se ele não entender a letra do médico ele entrega o remédio
    que ele entendeu.

  2. Ivan says:

    Não estamos imune nem dos medicos e nem dos farmaceutico

  3. cammie says:

    A população deve ter consciência que medicamento não é uma simples mercadoria e que só pode ser dispensado por farmaceuticos e não por balconistas e apenas com prescrição médica.

  4. Deh says:

    Mt legal a iniciativa, mas o vídeo é mt nojento.

  5. kellita says:

    Se não for chocante o povo não leva a sério.

  6. di says:

    remédio falsificado…sério mesmo, não culpo só os piratiadores(q as vezes fazem o produto igual ou quase aos de referência, os originais), culpo tb os consumidores, os doentes, os que necessitam de medicamentos. Esses sim, que têm q prestar atenção no que estão usando em seu próprio corpo. Médico prescreve e o farmacêutico, seja o generalista, seja o farmacêutico-bioquímico, ou toxicologista ou industrial, só eles que fazem a dispensação. Contra os balconistas. A população precisa exigir o profissional farmacêutico nas farmácia e drogarias. Para se ter uma idéia, a segunda causa de morte no MUNDO é o uso irracional de remédios(seja indicação errada, seja auto-medicação(uso irracional), seja por remédios fora da validade!…….Abram os olhos, pessoal, remédio é coisa séria!!!!!!!!!!

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo