Publicidade

Publicidade
17/03/2009 - 00:00

Monge faz buraco no chão de tanto orar

Compartilhe: Twitter

São poucas as pessoas que conseguem deixar sua marca eterna na vida, assim como fez o monge Hua Chi. De tanto orar, suas pegadas – inusitadamente – permaneceram no piso de madeira do templo.

Hua, que realiza rigorosos rituais diários no mosteiro da cidade chinesa de Tongren, declarou ao diário Daily Mail que precisa orar periodicamente, tornando esta tarefa ativa há quase 20 anos.

Todos os dias, antes do nascer do sol, ele chega ao templo, coloca os pés na mesma posição e curva-se para orar antes de caminhar ao redor do templo. Só um detalhe: ele faz isso 1000 vezes durante um dia. Eu disse: um dia!

Durante os primeiros anos eu orava cerca de 2000 a 3000 vezes por dia. Depois que envelheci, reduzi para 1000 orações por dia”, disse ele, mostrando as pegadas na madeira.

Hua, que também é médico, espera que sua vida de dedicação possa levá-lo mais perto do seu objetivo – uma transição suave para a “pós-vida”.

“Eu ajudei a reconstruir o templo e tenho orado para que depois da minha morte meu espírito faça as pegadas por mim”, disse ele.

Mais vídeos, imagens e notícias curiosas

Autor: - Categoria(s): Curiosidade, Inusitadas Tags: , ,

Ver todas as notas

39 comentários para “Monge faz buraco no chão de tanto orar”

  1. Daniel says:

    FAKE!

  2. Xinxas says:

    Como admiradora de um pé bonito, não posso deixar de comentar: que pezinho feio, hein tio? Affffffffff

  3. Buda says:

    e xinxas xinxas…………
    Aposto que o seu eh lindo…….

  4. Licia says:

    Isso que é ter medo da morte!!!

  5. PC says:

    estranho, muito estranho..

  6. Mak-PG says:

    Também, sem cortar as unhas, deve ir cavocando a madeira. E a sola do pé for uma lixa, não é de se espantar.

  7. nelHaven says:

    cool

  8. Mayê says:

    Queria eu ter a paciência e a força de vontade para orar 1000 vezes ao dia. Se bem que quando você não estuda, trabalha ou tem filhos pra criar, já é meio caminho andado…

  9. Ana says:

    esse não tem o que fazê msm hein

  10. ra* says:

    em vez de ficar aí rezando e furando o chao, aconcelharia o velhinho a fazer algo de produtivo pra vida (: velho inutil ¬¬

  11. TOTAL ALIEN says:

    monges, freiras e afins são parasitas que fingem ajudar apenas rezando !!!

  12. TOTAL ALIEN says:

    monges, freiras e afins são parasitas que fingem ajudar apenas rezando !!!

  13. TOTAL ALIEN says:

    monges, freiras e afins são parasitas que fingem ajudar apenas rezando !!!

  14. vinihcius says:

    Reza tanto que esquece da vida, de sair para outros lugares.
    Temos que ser devotos a quem acreditamos, mas temos que lembrar ainda que: e se essa for nossa unica vida na terra? Se não for, você em outra vida com certeza não será a mesma pessoa.
    Não falei em pecar ou algo mais. Só que, aproveite algo mais de si mesmo.

  15. Faz tempo q ele não limpa as unhas dele tb né rsrsrsrs

    http:/www.superperolas.com

  16. Eu says:

    Cada um vive como quiser!

  17. Rafael says:

    De tanto orar pelo pós-vida acabou esquecendo do da vida agora.

  18. Alexandre says:

    É uma pena ver tanta gente desinformada assim..

    para os que disseram:
    -que falta do que fazer
    -isso que é medo da morte
    -se preocupou tanto com o pós-vida que se esqueceu de viver a atual
    -Como admiradora de um pé bonito, não posso deixar de comentar: que pezinho feio, hein tio? Affffffffff

    -A falta do que fazer desse homem te preocupa tanto, que a sua falta do que fazer te impulsiona a dizer algo sem o menor raciocinio.

    -medo da morte? se voce fosse ao menos informada sobre algum assunto de importancia para a sua vida, voce saberia que os monges estão tão bem preparados para o desencarne(leia-se morte para os ignorantes) quanto qualquer outro ser humando que, procura “aproveitar” a sua vida carnal ao máximo.

    -Pra que se preocupar com essa vida presa a uma carcassa de carne e osso? sendo que podemos transpor a isso? se caso voce fosse uma pessoa critica, perceberia que a atitude tomada por ele a muitos anos de vida é de pura devoção a sua atual vida e nada mais, para que as próximas sejam cada vez mais evoluidas.

    -Enquanto voce se admira e se preocupa com as unhas, ele se preocupa com o divino e não com o que dizem sobre o físico.

  19. Luana says:

    Puxa, Alexandre falou bonito, hein?

    Cara, estilos de vida não se discutem…

    Se ele tá feliz assim, que mal há?

    Eu só não teria coragem, acho que orar umas 3 vezes ao dia + trabalhar + estudar e obedecer meus pais já tá de bom tamanho pra tentar melhorar o mundo ^^

    Lembrem-se que o maior mandamento a nós deixado é amar uns aos outros. Cada um expressa à sua forma, né?

    Pior é o que semea ódio =/

  20. Alexandre says:

    Muito bem Luana!

    cada um está em um degrau da gigantesca escada de evolução e por isso cada um recebe uma instrucao que se adequa ao seu nivel, infelizmente uns estão bem baixo na escada mas, o sentido é sempre um só, subir/elevar/evoluir.

    quando o ser percebe isso em si, ele ve quao ignorante ele foi anteriormente e quanto tempo ele perdeu devido a sua “cegueira” e apartir dai a sua sede pelo conhecimento e crescimento espiritual aumenta, porque nao existe mais motivo para ceticismos nem fanatismos, existe a ilumicão, o respeito e a aceitacao daquilo que é e aquilo que não é. e quando isso é transposto não existe mais motivos para reencarnar aqui. eis um dos motivos pelos quais os monges oram/meditam.

    mas existem os monges que fazem o voto de Bodhisattva que mesmo depois de uma grande evolucao espiritual que lhes permite ir para outros mundos mais evoluidos, sabem das dificuldades dos seres que vivem aqui e por isso continuam a reencarnar na terra para dar auxilio aos seres menos evoluidos. (exemplo disso é o monge budista que conversa com Klatu do filme “O Dia em Que A Terra Parou”)

  21. Xinxas says:

    Concordo com o pessoal… o cara passar o dia rezando até gastar o chão ajuda a humanidade em que? Ajuda somente ele próprio no máximo. Conheço muita gente caridosa, que realmente faz a diferença. E outra: não é pq o cara é religioso e tals que não pode dar uma cortadina na unha, né?
    Af…..

  22. Alexandre says:

    xinxas.. o grande mal não é a crítica, o pior é a FALTA DE INFORMAÇÃO sabe?

    O dia que cada um fizer a sua parte devidamente, não haverá fonte para nenhum outro mal, pois o mal somos nós mesmos que geramos. se voce tiver a capacidade de raciocinar sobre isso, voce perceberá a grande diferenca que um homem como esse tem entre voce.
    enquanto a oração dele é dedidaca a não cometer mais erros a sua é “será que as minhas unhas estão lindas pra eu me exibir para os outros?” e ai ninguem repara nas suas preciosas unhas e voce entra em MAIS UM ciclo de sofrimento e nem se dá conta disso.

    pq vc n abre um salão só de cortar unhas? assim voce alcanca a sua felicidade plena não é?

    -“Conheço muita gente caridosa, que realmente faz a diferença.”
    – que bom, fazer o bem não é um dom é apenas a sua força de vontade unida a consciencia do amor e do respeito ao próximo.

    fazer o bem não é dar dinheiro, fazer o bem não é cortar unhas e faze-las ficar coloridas por pura luxuria.

    passar bem xinxas, meus votos de superação por voce

  23. Xinxas says:

    A vozzzz da sabedoriiiiaaaa…. rsrs. Hey, aqui não é site filosófico, é um blog com informações interessantes pras pessoas expressarem o que lhes vêm à cabeça.

    Obrigada pelos “votos de superação”…
    E outra, luxúria não tem nada a ver com luxo mas sim com pecamidade, sexualidade, prazer, ok?

    Um bjuuuuuuuuuuuuuuu…. Fuiz.

  24. Alexandre says:

    e qual a diferenca que faz, se aqui não é um site filosófico? isso não muda a minha pessoa e por isso mesmo eu estou me expressando da maneira que me vem a cabeca ( qual outra forma poderia ser?)

    que bom que vc entende o sentido da palavra luxúria! porque foi exatamente o que eu quis dizer.

    meus votos sinceros, sempre

  25. Dek says:

    Claro que o mundo nunca sera arrumado orando…

    cada um leva sua vida como quiser independente de como seja.

    se vai critica faça-o de uma maneira racional.

  26. em vez de ficar aí rezando e furando o chao, aconcelharia o velhinho a fazer algo de produtivo pra vida (: velho inutil ¬¬

    Ao invés de ficar criticando monges que oram, aconSelho que você deva frequentar mais as aulas de português.

    “AconCelharia” foi de doer os olhos…

  27. Xinxas says:

    Alexandre, larga de ser chato. Me deixa… eu, hein…Mala.

  28. nobody says:

    “Durante os primeiros anos eu orava cerca de 2000 a 3000 vezes por dia”

    Para alem de ser tudo mentira ainda estupidamente diz que orava entre 2000 e 3000 vezes por dia, ele deveria querer dizer 2 a 3 vezes provavelmente.

    O que as pessoas fazem para aparecerem.

  29. Rafael says:

    É muito interressante a motivação deste monge, concordo que a maneira dele de pensar é muito legal, eu respeito e admiro, acho um pouco exagerado tambem, pois isso não é necessario ter um pensamento assim de forma tão fanatica(embora acredite que nem seja fanatismo, e acredito que seja necessario ter uma grande fé), ele se dispoe a fazer pois se sente bem assim.
    muito legal da parte dele, é muito louvavel.
    Alexandre, em vez de criticar os criticos e tomar dores, busque no seu interior e responda pra si mesmo:
    “a furia, as dores que eu tomo pra mim são causadas pelo meu próximo, estão com meu próximo? o problema é com ele, ou esses sentimentos estão comigo dentro de mim?”
    cuidar da aparencia não é errado, pois este é o corpo que nós temos enquanto estamos em vida, se vc não cuidar de seu corpo sua passagem aqui será breve e vc já estará falhando.
    porem concordo com você que não devemos ver apenas aparencia, pois somos muito mais que isso.
    atingir o equilibrio é o ideal.
    tudo em excesso causa males.

  30. Alberto says:

    Acho que as orações dele deveriam durar 1 a 2 segundos … é a unica expicação … na verda cada um tem sua escolha de seguir aquilo que acredita e a minha e simples e clara (DEUS) é bem claro o que ele pede para nao adora imagens e outras coisas ..mais cada qual viva a sua ignorancia ..o tempo perdido orando apenas pelos outros .. eu gastaria tentando viver melhor e ajudar meu proximo fisicamente ou as vzs até uma plavra de conforto … quem realemte faz algo por alguem não precisa demostrar isso em publico ou passar na cara .. ”ao meu ver coitados desses que vivem nessa plena ignorançia .
    na pessoal contra nimguem cada um faça o seu afinal somos responsaveis pelos nosso atos e nao dos outros .

  31. rafael says:

    q merda de vida….o q ele ganha orando tanto??? deus nem liga pra essas coisas!!!

  32. Peixoto says:

    Estimado Alexandre,

    Logicamente q existem as duas questões. Mas ele seria melhor visto pelo Deus a quem ele tanto ora, auxiliando pessoas necessitadas.

    Ele, sendo um médico, poderia atender a 1000 pacientes por dia, e pq ele não o faz?

    Será q esta atitude não seria bem vista aos olhos divinos?

    Ele não precisa de meditação, ele precisa é de MEDITAR A AÇÃO.

    Td q é demasiado, é considerado pecado. Até mesmo as próprias orações. Deus necessita de tempo para outras pessoas também.

  33. CĦΩPPЭЯS™ FΛLLЭN says:

    Para todos que comentaram e discordaram sobre a forma de vida daquele homem, em verdade vos digo que cada um vive como quer:
    1. O monge vive se auto-flagelando, por acreditar que alguma deidade irá salva-lo;
    2.Alguns foram solidários com os atos de fanatismo do Monge;
    3. Outros foram contra a forma com que o monge expressou o fanatismo;
    4.Tem aquele que fica “em-cima-do-muro”.

    Finalmente, acho toda essa coisa de religião típico de paises pobres, onde a religião é usada como ópio e/ou moeda.
    Existem coisas reais e importantes para serem resolvidas, como por exemplo: mosquito-da-dengue, meningite-bacteriana, fome, desemprego e falta da presença do Estado em muitas localidades do país…
    “…porque deus empurra para a morte tudo aquilo que lhe resiste: em primeiro lugar a razão, a inteligência e o espírito crítico…o rest segue-se em reação em cadeia…” (M.O)
    Parem de perder tempo com coisas que não existem, pois é isso que o Governo quer. A igreja é um braço de controle do Estado…

  34. Πολιτεία says:

    O conjunto de distorções perseptivas da realidade, traz uma comunhão de opniões dispares a muitos séculos na humanidade, somente pela prepotência em se julgar uma cultura milenar religiosa como a de um monge, partindo de uma ótica ocidental e ignorante de uma geração ´´fast food´´ degradante a qual estamos subordinados e condicionados, deveriamos questionar nossos pensamentos interiores antes de julgar o exterior, ao invés de fazer alusões infatís sobre avanços médicos ou tecnológicos ´´bullshit´´, deveriamos ler e questionar livros debater, se este não é um site filosofico desculpe aquilo que julgue filosofia, pode voltar a ver ´´filminhos´´ na net e continuar com sua existência bacteriana.

    Cai na real pessoal não existe presença do Estado, democracia ou contrato social, e não se pode ajudar aquele que não querem ser ajudados, a nossa fraqueza é a ignorância, assim como o maior instrumento de controle dos que detem o poder. Nossas mentes são estupradas pelo sistema educacional e a midia, (a lei do menor esforço nos acorrenta).

    Deixa o nosso amiguinho monge em paz!!
    Felicidade a todos!!
    ´´A filosofia está para a realidade assim como a masturbação está para o sexo´´ Karl Marx

    O futuro do mundo será o comunismo, sem o comunismo o mundo não terá furturo (minha autoria)

    Valeu, beleça capião

  35. meyriane says:

    É IMPORTANTE SIM ORAR, MAIS PARA MIM HÁ SOMENTE UM DEUS !!!! JESUS

  36. Edinaldo says:

    Temos que orar sim, mas a ao Deus vivo, o único que venceu a morte. O DEUS CRIADOR DO CÉU E DA TERRA!!

  37. MarceloAnimador says:

    não acredito muito nisso ja que alguns objetos pesados(mesas cadeiras etc.) ficam no chao de madeira o dia todo e quando vc os tira de la a marca deles não fica na madeira

  38. Ora pode sim mudar muitas coisas, até o mundo. Se as pessoas criticam sem conhecimento, é triste, o Monge é médico, acho pouco?E se estudasse um pouco de física Quântica ,saberia que orar faz a diferença sim, mas, democracia é isso, cada um fala o que quer, mesmo que não entenda do assunto.

  39. Paula says:

    Bem, enquanto estão ai questionando as unhas do Monge, a qtidade de orações, a vida está passando despercebida e o amor está cada dia mais evaporando, gente vamos amar uns aos outros da maneira que cada um é…ao fim das contas o monge o inteletual o critico o ”burrinho” o engraçadinho(a) vamos todos pro mesmo lugar…´Pó, isso mesmo retornaremos ao Pó ai sim quero vê quem é o bom…. fica a dica.enquanto isso vamos ser felizes sem esquentar a cabeça com as unhas do velinho se é assim que ele quer ser, amém, se vc quer ser critico, amém, mais lembre-se Deus qdo enviou seu único filho para morrer por VOCÊ, não pensou duas vezes, e esse mesmo filho morreu por mim pelo monge e blá blá blá…
    Felicidade a todos, amor Paz e muita paciência.

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo