Publicidade

Publicidade
01/05/2009 - 00:01

Que tal colocar na geladeira uma latinha que fala?

Compartilhe: Twitter

Você não odeia quando alguém consome o que você deixou bem guardado dentro da geladeira? Pensando nisso, um inventor criou uma lata que dá o recado por você.

O funcionamento da Fridge Recorder é simples, mas curioso. Uma lata, bem parecida com as tradicionais latinhas que compramos no mercado, possui um gravador digital que permite gravar até 10 segundos de voz. Logo que a porta da geladeira é aberta, a gravação com a sua voz é exibida.

Além de mandar o visitante ficar longe das suas cervejas, a latinha também pode ser bastante útil quando for necessário passar um recado – sobretudo para as crianças.

Cada latinha, que pode receber diversas gravações, custa cerca de £ 6 e precisa de três pilhas do tipo AA.

Autor: - Categoria(s): Curiosidade Tags: , ,

Ver todas as notas

23 comentários para “Que tal colocar na geladeira uma latinha que fala?”

  1. Emanuel says:

    RONALDO!

  2. Felipe says:

    DURVAL!

  3. Tetevo says:

    KEIRRISON!

  4. Bruno says:

    CIRO!

  5. Rodrigo (DouG) says:

    RIVELINO

  6. Alan Crossnier says:

    Neto Baiano

  7. Daniel Dourado says:

    Obina

  8. vinihcius says:

    Barack Obama!

  9. Sal says:

    Juscelino

  10. Açúcar says:

    Lula!

  11. dunha says:

    Peitinhu!!!!

  12. Nêgo says:

    Meu ovo!

  13. Anderson says:

    Passstell!!!!!!

  14. Diego says:

    Comprei uma latinha dessa paguei 30 reais hauahuah 😀

  15. ao says:

    Cleiton Xavier

  16. KEVIN says:

    TOMAS TURBANDO PINTO

  17. Ariel says:

    Paula dentro

  18. sombra says:

    Biro-Biro

  19. bruno says:

    Homer Simpson

  20. jeca tatu says:

    ZÉ RAMALHO

  21. ryan viana says:

    you san fanb oal

  22. prih says:

    que da hora……

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo