Publicidade

Publicidade
16/09/2009 - 12:02

Como destruir um Porsche de maneira radical

Compartilhe: Twitter

Confesso que fiquei tenso com este vídeo.

Autor: - Categoria(s): Video Tags: , , ,

Ver todas as notas

22 comentários para “Como destruir um Porsche de maneira radical”

  1. Big Benga says:

    FIRST

    Ufa cara deu sorte, seria dó ao destruir um carrão desse

  2. Beleu says:

    Primeira de novo iurruuuuuuuuuu….

  3. Rafinha says:

    SOPPOKSPOKSOPSOPK

    olha o cara que desembraco do carro la do lado, saiu corendo.
    POKSOKPPOSKPOKSPKOS

    http://www.rafinhabaixatudo.blogspot.com

  4. Alex-Chess says:

    /
    ||
    ||
    já comi o beleu da beleu! =)

  5. Elde says:

    Gosto muito do seu site… ms alguns vídeos não consigo ver…

  6. André says:

    to bege!
    ui

  7. Alex-Chess says:

    Oneberto, como faço pra tirar essa p**** de imagem cor de rosa do meu nick,, pow!

    meio fêmeio esse quadrinho cor de rosa!

    uhauhauhahua

  8. Zorea says:

    Caramba, isso que é invasão de território, o busão botou o porshe pra correr

  9. reblack says:

    Ta parecendo jornal da Record e da Bandeirantes, Sensacionalista, o carro nem ficou destruido!!

  10. LicO says:

    Potei só pra ver minha cor?
    Será que é de machão?

  11. Allysson says:

    o motorista do onibus foi muito burro pra fazer isso. Presta atenção no esforço que ele tem que fazer pra acertar o porshe.

  12. Alex says:

    Motorista desgraçado!

  13. O que não falta é mau motorista solto por aí!!!!

  14. Débora ( Maceio) says:

    ALEX vamos trocar. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  15. Débora ( Maceio) says:

    ALEX-CHESS vamos trocar. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  16. gmp says:

    O onibus está sem motorista!

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo