Publicidade

Publicidade
30/05/2011 - 00:04

Empresa japonesa cria kit “sanitário portátil” para quem precisa fazer as suas necessidades fisiológicas

Compartilhe: Twitter

Para atender situações onde não existam banheiros nem esgoto, uma empresa desenvolveu um curioso “sanitário portátil”.

No fundo, a criação tem o objetivo de auxiliar os japoneses que forem eventualmente atingidos por terremotos.

O kit é composto por um saco plástico, algumas pastilhas e um molde para que as necessidades fisiológicas sejam depositadas sem riscos.

Segundo o site japonês Diginfo, tudo o que você precisa fazer é depositar algumas pastilhas no local onde irá fazer as necessidades, vestir o saco plástico.

As pastilhas são formadas por cálcio. Elas acabam esterilizando as bactérias contidas nas fezes e eliminam o odor. Com isso, as fezes podem ser armazenadas por um longo prazo. Afinal de contas, dependendo da situação, pode não ser possível se desfazer das fezes.

No vídeo abaixo, você confere como funciona o sanitário portátil.

Autor: - Categoria(s): Curiosidade Tags: , , ,

Ver todas as notas

37 comentários para “Empresa japonesa cria kit “sanitário portátil” para quem precisa fazer as suas necessidades fisiológicas”

  1. Iana Soares says:

    rs….meio bizarro

  2. Luiza says:

    Queria ouvir o que eles falam, pra saber pra exatamente que tipo de pessoa isso seria útil!

  3. Renan says:

    Que merda!

  4. Mothafucka says:

    UAHA UAHAUAHAUUUAAHAUAHA. Vão tiar o emprego do matinho….

  5. Mago says:

    Kit para vc sair fazendo suas cagadas por aí.

  6. Fábio says:

    Sinceramente… só usaria em caso de terremoto/maremoto/furacão/tornado/bomba atômica… e bem escondidinho… mas ainda temos o problema: limpar com o quê?

  7. Paula Vadinho says:

    Ué! Japones caga pastilhas?

  8. Claudio says:

    Acho que é apenas pra mijar ein, pela explicação daquela reação entre pastilhas e liquido.

    Ou talvez só quando esta de caganeira , churrio hehehe

  9. DenPeter says:

    Como diz a música… Vambora, pro saco, sentar, cagar levantar…

  10. jeferson says:

    dificil deve ser para eles limparem a bunda, ou se ele desequilibrar e cair sentado,

  11. José Luiz says:

    Fala sério!!! e o fedor??? Pode haver acidentes na hora da “retro” limpeza, uma lambança lamentável poderia acontecer.

  12. José Luiz says:

    Uma lambança deplorável poderia acontecer na hora de limpar o bumbum… Não acham?

  13. lliwill says:

    manda pra brasilia q la oq mais fazem é merda! haeuhHUEU

  14. Fernanda says:

    Tá de brincadeira né? isso é piada né?

  15. Cagalhão says:

    Há que lindo!
    Deve dar um cheirinho legal, sem contar que é bem ridículo e nada prático.

    Não usaria, e não gostaria de ver alguém usando um destes perto de mim.

    Vai K-H com isso bem longe de mim.

  16. Rone says:

    pelo jeito que mostrou que as pastilhas reagem isso deve servir só pra urinar…ou se vc estiver com uma cagarréia satânica….

    que merda….

  17. Jack Noir says:

    500 yen é meio caro pra um treco desses.

  18. Julius says:

    meu gato é mais esperto. Ele caga depois enterra.

  19. Dhani says:

    Daqui a pouco os caras vão usar isso pros empregados deles não perderem tempo de trabalho indo ao banheiro :O

  20. ze says:

    É o verdadeiro CAGANDO E ANDANDO.

  21. MARCOS FABIANO DF says:

    OS CARA SÃO DE TIRAR O CHAPEU NÃO PARAM DE PENSAR SEMPRE CRIANDO ALGO SUPREENDENTE. VCS SAO UMA NAÇÃO QUE SERVE DE EXEMPLO PRA TODO O MUNDO CLARO QUE APENAS NO QUE SE DIZ INTELIGENCIA E GARRA PORQUE NO RESTO, COMO ALIMENTAÇÃO E OUTROS VCS JAPONESES SÃO MUITOS PORCO.

  22. aventureiro says:

    morei por alguns anos no japão,por lá as ruas são limpas,todos os esgotos são tratados(nada e jogado nos rios diretamente igual no Brasil),la nunca pisei em coco de cachorro nas ruas(ao contrário do Brasil se não olha por onde anda acaba pisando em merda),acho por isto inventaram isso para eles usarem em situações de emergência.

  23. Marcelo says:

    Único problema é “conferir” o papel higiênico, pelo menos a gente não dá a famosa olhadinha no vaso na hora da descarga!!!

    E quando a gente faz exame de fezes, pega o potinho, vai no banheiro e fica “cutucando” as fezes:

    Aí a merd… olha pra vc e diz:

    “A que nível vc chegou hein, revirando merd…na vida, que vexame”

    E vc lá, na maior BRIGA pra pegar um pedacinho pra colocar no potinho, e ela toda desaforada no chão continua.

    VAI DEMORAR MUITO????

  24. Marcelo says:

    Se tiver CHAPADO de GORÓ, sai MERDA com certeza!!!!

  25. E quando for fazer cocô?
    o négocinho das pilulas não vai funcionar!!
    E agora só dar uma de cachorrinho e fazer cocô na rua e pegar com o saquinho.

  26. Débora* Maceió** says:

    (hahahahaha)—EU RIR—

    QUE PRESEPADA!

  27. Super Links says:

    Muito legal esta postagem. Parabéns!

    A Internet brasileira precisa muito de conteúdos interessantes, divertidos e positivos como estes que você está criando.

    Convido você a conhecer também o novo agregador Super Links: http://www.superlinks.blog.br

    Confira o melhor conteúdo da Internet, aproveite para divulgar seus links e aumente exponencialmente as visitas de seu site.

  28. deviane says:

    Minha nossa a unica boa idéia é as pastilha q tem esse poder de absorção porq o saco afss q ridiculoo ,quem vai abaixar no meio da rua vestir akilo para fazer suas necessidadess e para se limpar conferir o papel higienicoo ,afs é bem melhor se econder no matoo viu kkkkkk ri muitooo kkkkkk e outra coisa poluição continua a mesma pois sacos plastico tbm poluem muito mais q a urina e as fezess afssss…

  29. Trool says:

    OK JAPONESES VOCÊS SÓ ESQUECEREM UMA COISA:

    E LIMPA A BUNDA COMO?

  30. Renato says:

    acabei de perceber uma coisa nesse video…é possivel a troca de legendas para o português! é só clicar na barra escrito “cc” eu não sabia dessa!

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo