Publicidade

Publicidade
01/12/2011 - 15:00

Como fazer um universitário virar empresário

Compartilhe: Twitter

O povo brasileiro é conhecido pela habilidade com que lida com as oportunidades. Muitas vezes, o que falta é só uma motivação para que a criatividade ganhe asas.

Entretanto, apenas a intenção não é suficiente para fazer com que uma grande ideia se transforme num bom negócio. É preciso avaliar os riscos e vantagens do negócio.

Foi daí que surgiu o Meu Guru da Grana, que usa ideias de universitários para transformá-las em novos negócios e criar espaço para empreender.

O vídeo a seguir, que mostra a história do Filipe Domenes, é um exemplo. Filipe, que ainda é estudante, virou uma espécie de aspirante a empresário e está descobrindo o que precisa para transformar o produto que criou em um negócio rentável.

O objetivo do Filipe pode não ser a mesma de tantos outros universitários, mas a ideia do Meu Guru da Grana é justamente motivar os jovens a terem mais espaço para empreender, tendo a ajuda necessária para eliminar cada uma das etapas.

Neste link, você encontra maiores informações.

Autor: - Categoria(s): Parceiros Tags: ,

Ver todas as notas

3 comentários para “Como fazer um universitário virar empresário”

  1. Champz disse:

    “O povo brasileiro é conhecido pela habilidade com que lida com as oportunidades.” – A ISTO CHAMAMOS DE “LEI DE GÉRSON”.

  2. Filipe Domenes disse:

    Obrigado Pelo Espaço! Vamos Lá! ainda tenho muito pela frente, Muito Obrigado Meeesmo!

  3. guilherme disse:

    Eu moro no japao eisso ja existe aki ha varias decadas ..em qualquer esquina existe uma maquina para vender alguma coisa eh muito pratica …tem maquina de refri,ovo, comida ,brinquedo .,sex shop essa vende dvd porno e outros acessorios …tem de tudo …ateh de minhoca em frente as lojas de pesca…sao muito pratica mesmo ..a diferença eh que aki ninguem arromba pra roubar …nem tem vandalos pra pixar ou depedrar ..ja no brasil ….ta cheio de lixo humano…se o hitler tivesse vivo hj ..axo ke ele iria querer exterminar primeiro os brasileiros

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo