Publicidade

Publicidade
24/07/2012 - 00:01

Que tal transformar seu computador num Wall-E?

Compartilhe: Twitter

Um russo gostou tanto do filme animado, que resolveu criar seu próprio Wall-E. Confira o resultado de 18 dias de trabalho em fotos. Ah, ele usou uma placa-mãe com processador integrado Intel Atom baseada em tecnologia de processo 45nm e chip set Intel 945GC Express.

Via

Autor: - Categoria(s): Curiosidade, Fotos Tags: , , ,

Ver todas as notas

18 comentários para “Que tal transformar seu computador num Wall-E?”

  1. Wlad says:

    O cara deve ser torneiro mecânico pra ser dar a todo esse trabalho de montar essas peças do casemod do Wall-E. Mas, ficou perfeito!!

  2. wellington says:

    nossa que facinho vou fazer um agora mesmo.

  3. VimpriO says:

    Tendo a ferramenta certa… Stark não é nada sem elas.

  4. felipe says:

    essa porra funfa ou não? só vi o o trabalho que ele teve e mais nada

  5. Ana Cranes says:

    Ficou show, mas é muito trampo… cansei só de ver as imagens :p

  6. Excelente, o resultado final ficou muito bom !

  7. Pilhois says:

    E tem o detalhe da última foto: o robô do monitor estar olhando o robô case.

  8. Wow says:

    Caramba o0 muito bem feito =0, n tiro o mérito do cara não mas tendo as ferramentas tb, omg como facilita x.x”, fazer um case para HTPC de aluminio e mdf deu um trabalho do k***….

  9. Pedro dos Santos Pereira says:

    Meu, queria ter a habilidade pra fazer isso ai, muito dahora.
    To montando um Wall-E de papercraft. =]

  10. Caraca, muito facim de fazer hehehhe

  11. Mariana says:

    aaaaain que foda, ficou muito shoow *–* adoreei

  12. marujjo says:

    Dava pra botar uma WebCam no olho.

  13. Caroline Mascote says:

    Principalmente para mim que não entendo NADA disso, esse cara tem meu total respeito. Onde faço encomenda *-*
    Haha

    • juliano Ximenes says:

      Vc pode entrar no site casemods.ru e e mandar traduzir a pagina encontra la o case mod do Wall-e e pode entrar em contato com o criador sem contar que pode aprender a criar outros modelos mais faceis

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo