Publicidade

Publicidade
19/10/2012 - 00:01

Fotógrafa cria fotos com fantasmas da Segunda Guerra Mundial

Compartilhe: Twitter

Esta é uma coleção absolutamente assombrosa. O responsável por elas é Jo Teeuwisse, de Amsterdam, que iniciou uma pesquisa minuciosa sobre alguns acontecimentos históricos da Segunda Guerra Mundial.

Foram mais de 300 velhos negativos e muitas horas de trabalho para criar “fantasmas” históricos.

Segundo o Daily Mail, a senhora Teeuwisse começou seu projeto como uma ferramente de pesquisa, mas agora continua, principalmente por causa da sua paixão pela história e fascínio com o assunto.

Autor: - Categoria(s): Fotos Tags: , , , ,

Ver todas as notas

25 comentários para “Fotógrafa cria fotos com fantasmas da Segunda Guerra Mundial”

  1. Daniel DOurado disse:

    Cara, que post espetacular. Parabéns. É incrível ver o que já se passou em um local dessa forma.

  2. BPanther disse:

    Sensacional! Para quem é fissurado como eu, tanto na Primeira quanto na Segunda Grande Guerra, isso é uma viagem no tempo.

  3. mascul disse:

    Bem básico e sem graça. Nenhuma novidade, técnica nova, talento evidente ou significância maior. Traduzam como quiser a informaçõa gráfica. Para mim não acrescentou nada. É preciso mandar um torpedo de História nela!

    • Franco disse:

      Caramba, que análise fez o “mascul”.
      Ele deve ser um daqueles talentos que o mundo insiste em não reconhecer…
      Para chamar um trabalho desses de irrelevante, os padrões do cidadão devem ser tão altos, mas tão altos, que é até estranho ele navegar por sites como esse…
      Quanta “curtura” deve estar encapsulada naquele cérebro privilegiado..
      Mostra pro mundo o caminho, “mascul” (?)…

      • Keep disse:

        Franco, eu entendi seu sarcasmo, mas vou resumir tudo o que disse: – Mascul, você é um filho da p*** metido a nerd !

    • guilherm4555 disse:

      realmente mascul está certo, é só entender um pouco de photoshop para fazer em alguns efeitos, por exemplo as principais tecnicas, brush, gradiente e opacidade!

  4. Blumenau disse:

    E o Kiko?

  5. GH disse:

    Mascul deve ser um fotógrafo do naipe do Duran: eles no céu e nós na terra. Além da idéia da senhora Teeuwisse – que o ilustre acima não teve -, seu trabalho de pesquisa foi de proporções épicas. Além de descobrir locais praticamente intocados, ela fez as fotos atuais com o mesmo enquadramento daquelas feitas há quase sete décadas, algumas delas em Cherbourg e Sainte Mère-Eglise, palcos fundamentais da invasão da Normandia. Genial!

  6. Maria das graças disse:

    Vocês não merecem falar comigo nem com meu anjo.

  7. Dheneezy disse:

    Eu vi a exposição do Mascul, e lhes garanto, para paredes e portas de banheiros públicos, até que ele vai bem com o pincel atômico. É mestre em desenhar voadores, tanto o masculino quanto a feminina. Última vez, ele deixou sinais de sua passagem no banheiro do mercado público.

  8. at. disse:

    sensacional,brilhante

  9. omago daser pente disse:

    Trabalho impressionante. Para quem nunca viveu os horrores de uma guerra, as imagens nos permitem imaginar como um local, antes pacífico e tranquilo, pode se transformar no palco da irracionalidade humana, o qual, restabelecida a razão, volta a abrigar a pacificidade outrora perdida, porém, não passivamente, eis que os retratos da História, ora retratados, dão um testemunho vivo da capacidade de recuperação e sobrevivência dos povos em todo o mundo.

  10. Dheneezy disse:

    Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade! – Não parece bem isso, pois os comentários são ‘autorizados’ sei lá por qual critério, que só o pessoal do Ig sabe, e que muda dependendo do humor do moderador do dia, Muito engraçado, a gente se esmera em ser educado, não dizer palavrão [que dá vontade muitas vezes], diz o que pensa, mas nem sempre éo que o moderador pensa, então ele não publica. F****** participar de um forum assim, ‘tão democrático’……….. [e oq ue tem de gente reclamando da mesma coisa, e aí, Ig, o que vcs dizem?]

  11. Hugo. disse:

    É uma ideia criativa e interessante, só espero que daqui algum tempo os fanáticos não confundam arte com realidade.

  12. Bartolomeu Vieira da Cruz disse:

    É um trabalho extraordinário!Eu, se pudesse, voltava no tempo para sentir ao vivo a Segunda Grande Guerra(sou apaixonado pelo tema).Esse belo trabalho me deu uma leve sensação de volta ao passado!Parabéns!!!

  13. Júnior disse:

    Trabalho sensacional ! A Guerra e seus pontos de vista. Fascinante é poder estar onde a história aconteceu de verdade, retrata bem os acontecimentos onde hoje jamais alguém pode pensar ou imaginar que exatamente ali, um rumo foi dado para as Nações de todo mundo.

  14. Hellder disse:

    A ideia é boa… mas um dos piores trabalhos de photoshop q ja vi

  15. Albert disse:

    Muito massa!!!

  16. zontaGabriel disse:

    Eu fico aqui. Rindo ao ler algumas (perolas) so pode estar brincando… Nao e possivel.. Kkkk
    Td bem que opiniao cada um tem a sua mas… “pelamordedeus“ bom senso todos devem ter por igual… Dizer w esse trabalho e irrelevante? Otimo trabalho… Parabens!!!

  17. José Benedito disse:

    Eu estudo a 2a. Guerra desde criança e fiquei fascinado com as fotos. Uma lembrança impactante de um passado que deve sempre estar em mente.

  18. Marcelo disse:

    Eu fico estarrecido com os críticos de plantão que não perdem a ocasião de apedrejar qualquer obra que um outro ouse realizar, ainda que seja de duvidosa qualidade – o que não é o caso aqui -.
    Não se mede o esforço e a dedicação do artista, o que vale é a critica pela critica, por si só destrutiva, que nada acrescenta, que só despreza.
    Percebe-se até o prazer sádico do crítico entremeado nas suas palavras ferinas.
    Porém, quem merece pena não é o artista – alvo das pedradas – mas aquele quem as atira, ao mostrar publicamente a pequenez de sua alma.

  19. Simplesmente sensacional essa leitura dos lugares diretamente afetados pelo maior evento do século XX! Todos os lugares tem lembranças, e algumas realmente muito vivas!!!!

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo