Publicidade

Publicidade
28/05/2013 - 00:02

Artista criar rostos 3D de pessoas usando DNA encontrados em objetos descartados por elas nas ruas

Compartilhe: Twitter

A americana Heather Dewey-Hagborg tem um trabalho extremamente curioso. Ela busca objetos descartados pelas pessoas nas ruas com a intenção de descobrir como é a aparência delas. Para isso, ela usa o DNA de uma forma incrível.

Uma ponta de cigarro, um pedaço de unha ou até um fio de cabelo são suficientes para que ela decodifique o DNA e imprima numa impressora 3D.

O software usado para a impressão é tão sofisticado, que reconstrói detalhes como cor dos olhos, traços faciais e cor. No entanto, a idade não é definida, mas Heather compoe os rostos imaginando homens e mulheres na faixa dos 25 anos.

Autor: - Categoria(s): Curiosidade Tags: , ,

Ver todas as notas

17 comentários para “Artista criar rostos 3D de pessoas usando DNA encontrados em objetos descartados por elas nas ruas”

  1. Perivaldo Jocove disse:

    Uma forma avançada de se constituir um “retrato falado”.

  2. Alan Lenon disse:

    Ja ja o governo Americano adota esse método para aplicar multas a quem jogar lixo na rua! Não duvido nada!

  3. Ayahuaska disse:

    Improvável. Dessa forma, qqr vestígio de dna resolveria praticamente todo crime por retrato falado. E, com certeza, teríamos relatos judiciais a esse respeito.
    .
    Algumas décadas e, tvz, se falará em “chegar próximo” da fisionomia, já que além do genótipo há o fenótipo – muito mais decisivo para a aparência; Mais importante: o computador teria q tr muita, mas muita capacidade (memória e processador), o q tanto o artista qnto qqr um aki ñ tm acesso, mas nem a 1/100 do preciso. Cientificamente é preciso um banco de dados imenso p/ se supor q um conjunto grandessíssimo de genes trará uma pequena característica específica – como o posicionamento de um músculo facial. – Por estatística (que é nisso q se baseia), já seria necessário um banco de dados inicial na ordem de 0,1% da população mundial, que nada mais, nada menos, são uns 7 milhões – população maior que muita capital brasileira ou até países – e de todos os continentes, nações. Ñ se resumir ao mundo ocidental seria imprescindível, pois comparar é q se mostra diferenças.
    .
    Hg, o mais próximo da personificação de uma pessoa pelo dna tm cara de sequências binárias, não de fotos. E a comparação é por parentesco, já que cada um é 1/2 de cada um dos pais biológicos, ou 1/4 de cada avô, ou 1/8 de cada bisavô, e assim vai. Por isso fora descoberto há poucos anos que Gengis Khan tm muito descendentes, mas é impossível supor a cara dele.
    .
    .
    .
    Mas as máscaras são muito boas. Tm do Sheldon?

    • João disse:

      Nossa cara, o texto já não menciona muitos detalhes e você fez algumas suposições se baseando no Wikipedia…

      Quis meter uma mala de especialista. Volta a assistir o TBBT que você ganha mais!

      HUAUHUHAuhahuAuha

      Realmente só tem gente louca na internet…

      • Pred disse:

        O Ayahuasca só disse, em sua maioria, verdades. Já vc, conseguiu defecar pelos dedos, amigo. Vá se informar e pare de assistir novela da globo e bbb, isso faz mal. E não sei o que o Ayahuasca faz da vida, mas eu sou médico e geneticista. Grato.

  4. João disse:

    Impossível! a ciência ainda não avançou ao ponto de através do DNA construir a face da pessoa a que pertence, até mesmo porque ainda existem diversas lacunas sobre informações da expressões gênicas.

    • Lucas disse:

      Sim, mas ela não está fazendo isso com precisão.
      Provavelmente está buscando os genes que são conhecidos por estarem relacionados à aparência física.
      O DNA não vai conseguir gerar a pessoa idêntica, mas sabe-se a cor da pele, dos olhos, do cabelo, formato do nariz, sardas, entre tantas outras caracteristicas cujo gene responsável já foi identificado.

  5. Licia disse:

    Duvido que é verdade.

  6. Firmo... disse:

    TA e cade os originais….

  7. Dourado Developer disse:

    É impossível montar o rosto da pessoa em tal idade. O DNA é como uma receita de bolo, não uma foto de um bolo 10 dias depois de feito. Você pode ver cor, cabelo, olho, biotipo, ou seja, tudo possível quando bebê, não como uma pessoa é quando adulta.

  8. Willian Haddad disse:

    ja tinhamos isso na decada de 20, usavamos bitucas de cigarro porque nao tinhamos dinheiro pra comprar um cigarro novo, então fumavamos a bituca também faziamos churrasco com gato, galinha atropelada e comiamos chocolate das embalagens que derretia mas aquela epoca nao tinhamos chocolate porque ainda nao tinha sido inventado antes da invasão do rio mississipi que alagou a casa de sape que eu morava com eu avo que hoje deveria ter 245 anos de idade mas nao tem porque morreu com 93

  9. Hamilton disse:

    Balela! Nem o FBI tem tecnologia pra inferir fisionomia a partir de DNA. Quanto mais um artista querendo ganhar fama nas redes sociais.

    Acorda galera!

  10. maj disse:

    Atenção é uma artista e não uma cientista.

  11. marcelo disse:

    ridiculo, o quie o dna tem haver com a aparencia.?

  12. Ayahuaska disse:

    João
    A Wikipédia tm seu valor, mas eu me baseei nos 3 parágrafos, apenas, para réplica. Tm muito mais do mesmo assunto, mas é seu direito ñ oferecer mais q o seu possível.
    .
    Pred
    Complemente e serei grato;
    “Humanas”. O João esta certo: eu sou médico e louco e ainda é pouco.

  13. TOTAL ALIEN disse:

    VERDADE APENAS NA DETURPADA MENTE DESSA “ARTISTA”.

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo