Publicidade

Publicidade
16/07/2013 - 10:32

Homem tenta pagar motel e prostituta com cartão do Bolsa Família

Compartilhe: Twitter

bolsafamilia
Um fato absolutamente inusitado movimentou a pequena cidade de Itapetinga, na Bahia.

Uma equipe da Polícia Militar foi chamada até um motel da cidade, localizado às margens da BA 263, para resolver uma confusão fora do normal.

Segundo o Itapetinga Agora, um homem identificado apenas como J, morador do bairro Otávio Camões, estava tentando – acredite – pagar o motel e uma prostituta, uma jovem de 22 anos, com um cartão do Bolsa Família.

Pelo programa, a mulher havia cobrado R$ 50, mas, chegando no quarto, ao exigir o dinheiro, o homem apresentou um cartão do Bolsa Família e ainda perguntou para a garota onde passava o cartão e se ela dava troco.

Após a chegada da polícia, J fez um acordo com o motel, deixando no local um reprodutor de CD que estava em seu carro, prometendo retornar no dia seguinte para resgatar o objeto e efetuar o pagamento.

Segundo o policial Matheus Borges, o homem encontrava-se em estado de embriaguez e ainda brincou com a situação: “Itapetinga tá atrasada mesmo, nem as p*** aceitam cartão”.

Autor: - Categoria(s): Curiosidade, Inusitadas Tags: , , , ,

Ver todas as notas

17 comentários para “Homem tenta pagar motel e prostituta com cartão do Bolsa Família”

  1. João P. says:

    Absurdo!!! Viva o PT!

  2. Vô Maza says:

    Tô cansado de sustentar vagais.

  3. Reginaldo says:

    Acho justo.A presidenta põe no nosso ** e procuramos retribuir colocando no ** de alguém!

  4. Kelly says:

    CONTROLE DE NATALIDADE URGENTE NO BRASIL!!!

    • Carlos says:

      PT FDP. Aqui na minha cidade foi feito uma auditoria(que só aconteceu através de denuncia, se não não haveria) e dos 750 cartões do “Bolsa-Putaria”, somente 280 tinham o direito. Boa tarde da culpa pela corrupção em nosso país, é do povo mesmo, pois o brasileiro se vende por qualquer coisa. Emprego na prefeitura, conta atrasada no mercadinho, um tanque de gasolina, mudança de casa, feita com caminhão da prefeitura, um tijolinho aqui outro alí, comerciantes donos de oficinas mecânicas que prestam serviços para os carros das prefeituras, e por ai vai. E muita gente acreditando que é só fazer umas porcarias de manifestações com cartazes pedindo PAZ E AMOR. O Brasil só muda quando o brasileiro aprender a fazer uma revolução armada, pois esta é a única ” voz” que os corruptos ouvem e tem medo. Ops!! Os “PTRALHAS” foram mais esperto…desarmaram o brasileiro antes!.

  5. Flutuante says:

    Ué? Mas ele num foi comer?

  6. IOLANDA says:

    Impressionante! Absurdo? Nem tanto. Se o BOLSA FAMÍLIA DEIXA DE SER NECESSÁRIO PARA ALIMENTAÇÃO, ENTÃO QUE O SEJA PARA AS FARRAS. Será que não aprovaram, coitadinho? A garota não pode levar volta. Trabalhou tem que receber kkkkkkkkkkkkkkkkkk

  7. anonimo says:

    foi cartao cidadao e nao cartao bolsa familia , estar errado a materia ou melhor , divulgarao errado o fato.

  8. Ayahuaska says:

    O cara usa o nosso $, nos f@#$, e a p$#@ é ela?

  9. M Wellbeck says:

    Eu queria também receber um bolsa puta.

  10. Rodrigo says:

    Depois as pessoas que defendem o fim do “Bolsa-Compra-de-Votos” são crucificadas, inclusive pela excelentíssima governANTA da República de Banânia, Dillma.

  11. Bruno Cezar says:

    Todo homem precisa comer, pessoal…

  12. Gema Mole says:

    é essa cambada quem elege os fdps que nos fuckam oficialmente !!!

  13. a página says:

    A página que vc está procurando neste blog (Itapetininga agora) não existe mais

  14. José Vicentini says:

    E depois os esquerdopatas criticam quando falamos que esses programas só ajudam a estagnar as pessoas na pobreza.

  15. Eduardo says:

    Pelo jeito meus impostos estão sendo muito bem gastos!!! ¬¬’

  16. Marcos says:

    Eu já sabia que bolsa família é para pagar bebida, cigarro e drogas, nada mais normal de que pagar motel e puta.

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo