Publicidade

Publicidade
29/10/2013 - 00:03

Gays registram boletim de ocorrência contra restaurante que se negou cobrar preço de casal para eles

Compartilhe: Twitter

gaysMario Sérgio Paiva e Cristian Roberto de Souza registraram boletim de ocorrência contra uma churrascaria de Piracicaba (SP) por serem proibidos de participar de uma promoção para casais no horário do jantar.

Segundo eles, há cerca de três meses, entraram em contato com o restaurante para saber sobre a promoção e, já naquela época, foi informado que não fazia parte do requisito estabelecido pelo dono do restaurante. Apesar da negativa na data, eles resolveram tentar pessoalmente neste último domingo. “Nós ficamos muito ofendidos e envergonhados. Somos assumidos, nossa família sabe que somos homossexuais, mas nos sentimos discriminados”, afirmou a vítima ao G1.

Autor: - Categoria(s): Video Tags: , , ,

Ver todas as notas

39 comentários para “Gays registram boletim de ocorrência contra restaurante que se negou cobrar preço de casal para eles”

  1. Johnny says:

    Na moral… casal de gay não existe!! Casal é 1 Homem e 1 Mulher…. Casamento gay não existe… usar esse termo (casal e casamento) é no mínimo falta de conhecimento. Pode usar União estável, namoro, etc… Respeito a “maioria” dos gays q conheço, mas ficar distorcendo as coisas deste jeito é pra acabar!

    • Jeff says:

      Antes de tudo, sou hétero.

      Mas como homem, tenho de dizer:

      Lamentável ler este tipo de comentário homofóbico em pleno ano de 2013 DC.

      • Johnny says:

        Jeff. sou hétero, como disse acima, respeito “alguns” gays…. respeito quem se dá o respeito.. ultimamente tenho visto que os próprios gays não se respeitam…. acho que amar e ficar com pessoas do mesmo sexo é ser gay…não concordo mais respeito…. agora tem umas figuras que acham que ser gay é se travestir, falar alto em locais públicos, “causar”….. tem muita gente q tah nessa por modinha… e fica enchendo o saco com frescura…. isso me irrita… do resto nem ligo….

      • Leo says:

        Jeff, vc fala como se o fim da homofobia fosse o símbolo da evolução humana.
        Só porque a Rede Globo empurra na sua cabeça que, pra ser legal vc precisa abraçar a causa gay?? Caso contrário, vc é taxado de homofóbico??
        Desse jeito, no ano “2024 DC” estaremos todos obrigados a ser boyolas…

        • Adrienne says:

          Ninguém tá obrigando vocês “heteros” a nada. Eu sou lesbica e assumida, e vocês machões são muito engraçados. Eu duvido que se fosse um casal de meninas vocês se colocariam na mesma posição. Vocês falam tanto de respeito, mas eu não vejo nenhum. Falam que não são homofóbicos mas fazem comentários do gênero.

          • Leo says:

            Se fosse um casal de meninas, creio que o dono do restaurante talvez não se importaria, pois a razão do post é exatamente essa questão.
            Agora, se vc tá falando que a gente gosta de ver vcs rolando um velcro, aí já é ooooooooutro assunto…

  2. mark says:

    Ahh vão dar meia hora de c*…

    Atualmente tudo é motivo pra esses caras processarem. A promoção é pra casal homem e mulher… Mulher geralmente come menos que o homem… Aí chega dois barbudos lá, comem que nem duas capivaras e querem sair por cima da carne seca ainda? Ah se liga… Há casos e casos de discriminação… Mas aí acho que é má fé desses dois isso sim.

  3. Rossato says:

    Concordo com o mark,
    nessas promoções para casal, o proprietario lucra em cima da MULHER, que geralmente como muito pouco.
    Esses dois seres do sexo masculino, agindo de má fé, chegam lá comem igual “duas capivaras”, e querem pegar a promoção para casal ?! Sem noção!!!

  4. Marcelo Dias says:

    Tá tudo perdido mesmo… Casal, todo mundo sabe o que é… Não tenho nada contra homosexuais,mas o problema é que eles querem se impôr, querem forçar a situação, dá licença!!

  5. Mendes says:

    Concordo com o Mark, essa promoção é para lucrar em cima da mulher. Pena que o proprietário não teve esse argumento na hora

  6. Vô Maza says:

    Quando é interessante a quem reclama, um dos envolvidos é a “mulher” da história.
    Entretanto, se alguém os chama de “mulherzinha”, é motivo pra processo.

  7. Tiago Celestino says:

    O melhor é eles que sabiam que não podiam participar. Agora vão processar o cara por homofobia.

  8. Geyson Monte says:

    Não é nem para estar numa matéria aqui. Respeito demais o site do Humberto, mas tem coisas mais importantes para se dar valor.

    • ONEberto says:

      Obrigado pelo comentário. Este é um blog de variedades, logo a gente publica assuntos para todos os gostos e interesses. O que pode ser fútil para você pode ser de extrema valia para outras pessoas e por aí vai.

      • Genildo says:

        Grande Hum(berto), irmão do Zero(berto)…. sem querer pagar pau….. extrema é com X e não com S. Valeu e um grande abraço e parabéns pelo blog, sem dúvida alguma, é uma das referencias aos blogueiros nacionais.

  9. marcio filho says:

    mas isso é o cumulo mesmo, uma dupla de sem vergonhas desses, querendo ser tratado como casal! eu não levaria meus filhos a um local em que estivesse repleto de “casais” como esses 2

  10. Genildo says:

    PQP viu!!!!!!!!!!!!!!! Sou branco…. hétero… não dependo de nenhum benefício do governo federal……tô me sentindo um lixo humano!!!!

  11. Zé Zumbi says:

    Oportunistas será?

  12. Reginaldo says:

    Era só o que faltava, uma surra bem dada nestes anormais seria um boa saída!

  13. BIG BENGA says:

    Casal de homem não existem! Somente “Homem” e “Mulher” Bolsonaro nele!

  14. Fernando says:

    Se a lei aceita união homoafetiva como um casal, o restaurante era para tratar eles de maneira igual a qualquer outro casal. O processo só deveria ser aplicado se os clientes foram humilhados. O restaurante tem direito de atender quem eles quiserem. Contudo, fica evidente que o único prejudicado com isso seria o próprio restaurante, pois estaria perdendo clientes rebaixando a própria imagem a esse tipo de ignorância.

    • gustavo h says:

      O restaurante e nem nenhum outro tipo de comércio tem o direito de ”atender quem quiser”, prestação de serviço tem que ser dado a QUALQUER tipo de pessoa-cliente. Acho que a má fé está justamente em restaurantes como este e centenas de (principalmente) churrascarias que visam lucrar em cima da mulher mesmo, colocando um preço baixo para ela, e cobrindo o preço para ele, já que a mulher come bem menos… Não que esteja errado fazer isso, é uma jogada de marketing, mas também não está errado a posição do casal gay, já que eles podem ser tratados sim como CASAL… A PROMOCAO ERA PARA CASAIS, SE O RESTAURANTE E MAIS ESPERTO BOTARIA, ASSIM COMO MUITOS FAZEM.. ” ELE PAGA: (PREÇO), ELA PAGA: (PREÇO) ”
      Cabe ao gerente, e proprietário do restaurante ter jogo de cintura e saber contornar a situação mesmo não concordando com o cliente, já que seria uma situação atípica, realmente cada dia mais vejo que as pessoas não sabem ganhar dinheiro!!!

  15. Paulo says:

    É devido aos comentários da matéria, que eles estão com toda razão em processar o restaurante.

    Não tem um argumento com base lógica. O proprietário afirma que não tem como julgar um casal de homens pela aparência. E um casal de mulher + homem também não.

    Casal é feito por duas pessoas, independente do sexo. Na natureza, há casos e mais casos de animas do mesmo sexo que forma casais. Alguns deles pro resto da vida. Temos leões, búfalos, baleias, golfinhos, macacos. Aproveita que já ta na internet e pesquisa.

    Espero que eles tenham sorte nesse processo. Ainda tem muito juiz, as muito mesmo, preconceituoso. Embora aja ótimas exceções de homens héteros que sabem que sua masculinidade e dignidade como ser humano não é afetada pela sexualidade alheia.

  16. Eros says:

    Primeiro que casal são duas pessoas ou algo que você pede e vem em conjunto (garfo e faca, pires e xícara, são casais de talheres e cjto de chá).
    Agora, aqueles dois ali não ‘casados’ nem aqui, nem em Piracicaba. Acho que é treta, migué dos dois.

  17. Junior says:

    Fico feliz em ler comentários sensatos. Acho que o povo brasileiro já está percebendo essa ditadura que os grupos gays estão tentando empurrar goela abaixo.

  18. Johnny says:

    Eu até ia falar mais sobre os gays, mas pensando bem…. tenho pensado no assunto… trabalho 5 meses do ano para pagar impostos e em troca tenho esse dinheiro investido em Saúde, segurança, Educação, Saneamento Básico… o governo me #$dendo tanto e até parece q eu gosto…. será q eu sou gay???

  19. aline says:

    Pensando na questão de lucro, como já comentado, o dono do restaurante lucra no consumo da mulher.
    Mas também deve-se pensar na má fé das pessoas, dois amigos poderiam se passar por um casal gay só pelo desconto. (como qualquer casal hétero)

  20. astrubal says:

    Fala para eles pedirem vaga na globo que la ta cheio de amiguinhos e a globo adora apoiar esse tipo de pessoa… e o mundo adora aplaudir a globo…. continem assim…. achando que todos tem obrigação de aceitar o arcoiris… da mesma forma que concordam existem quem disconda e da mesma forma tem q aceitar QUEM nao concorda.

  21. rodrigo says:

    2 mizera!!

  22. nao importa says:

    tenho restaurante e atendo normalmente qualquer boiola bixa loka ou qualquer coisa q entra la lesbica tudo mas desconto nesse caso nao existe me recusaria a atender amparado na legislacao brasileira que diz que nao sou obrigado a atender qualquer um somente quem eu quizer entao fdc
    nao so contra mas tbm nao tenho nada a favor

    • Paulo says:

      Você até pode afirmar que atende a quem quiser, mas deve explicar, e bem o motivo disso.

  23. Aline says:

    MORRENDO DE VERGONHA desses comentários… não imaginava que ainda existisse tanta gente ignorante! Não se trata de “enfiar gays goela abaixo” e sim de RESPEITO! Vocês realmente acham que alguém é gay de propósito?! Que alguém escolhe “Ai ai, resolvi ser gay, já que não somos discriminados nem passamos preconceito em lugar nenhum!” Por causa de gente que nem esses comentadores que as mulheres tem admirado muito mais os gays do que os “machões”.

  24. Só pelos erros de português já conseguimos identificar o grau de instrução dos responsáveis pelos comentários homofóbicos.

    • Leo says:

      Mas julgar alguém pelo grau de instrução não seria também um tipo – muito escroto – de preconceito??? Ou só existe homofobia??

  25. Quanta I.D.I.O.T.I.C.E! O que vejo são Dois Aproveitadores querendo aparecer.
    É óbvio que promoções para “Casais” só existem, porque em geral a MULHER consome menos que o HOMEM. Então, compensa ao dono do restaurante abrir mão de uma certa margem do lucro dele e assim os dois ganhariam, tanto cliente quanto o dono.
    Agora dois HOMENS quererem empurrar isso goela abaixo do dono do restaurante, é sacanagem. Será que a Promoção deveria vir com observações tipo: “Condição válida para Casais Tradicionais”, ou “Condição válida para casais não tradicionais do sexo feminino”? Tenham Bom Senso também né?
    Aliás, sou gay.

    • Paulo says:

      O que você vê não é, necessariamente, a realidade. Por mais que você seja gay. No inicio da reportagem afirma que os dois são casados a mais de um ano. Como também você não pode afirmar que os dois comem muito apesar de serem homens.

      A partir do momento que a promoção discriminasse a quem tipo de casal ela atende, isso seria, obviamente, discriminação. Isso lembra quando nos Estados Unidos havia discriminação de branco para negros. Havia banheiros, escolas, locais pra negros… E é contra esse tipo de preconceito hipócrita, sucinto, que deve-se lutar. É o tipo de preconceito que, aos poucos, é encarado como algo normal. Dessa forma os gays, e qualquer outro grupo discriminado, nunca sairá dos guetos.

  26. Alex says:

    Casal são um homem e uma mulher, independente de serem namorados ou casados. quando alguem tem um filho e uma filha, ele diz que possui um casal de filhos, se essa tivesse dois filhos gays, não poderia dizer que tem um casal.

  27. Broz says:

    Acredito que promoção é para casal (homem e mulher) porque na pratica mulher normalmente come menos, e nao justifica o mesmo preço do homem. nesse caso ai. por mais que seja um casal. são dois homens, os caras deveriam ter comido pra caralho. e ainda quer pagar pelo preço de mulher! indignados uma OVA! estão usando o fato de ser homossexuais para se dar bem no restaurante ! a fala serio !

  28. mário rissão says:

    olá em primeiro lugar todos nos temos que recorrer aos nossos direitos ele foi sim preconceituoso de falr que casal é entre homen e mulher eu sou casado tenho união estavel a mais de hum ano quem é ele pra reprimir isso..

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo