Publicidade

Publicidade
24/03/2014 - 00:01

Quando as gangues do Brasil ganharam a internet

Compartilhe: Twitter

favela_02

Desde que surgiram as redes sociais, whatsapp e afins, nem mesmo as gangues do nosso país fazem questão de se manter no anonimato. Estas fotos exibidas pelo Vice mostram isso.

favela_01

favela_03

favela_04

favela_05

favela_06

favela_07

favela_08

favela_09

favela_10

favela_11

favela_12

favela_13

Fonte

Autor: - Categoria(s): Fotos Tags: , ,

Ver todas as notas

28 comentários para “Quando as gangues do Brasil ganharam a internet”

  1. Robbot disse:

    Juventude perdida.

  2. Paulo disse:

    A escolha é de cada um, principalmente na hora de votar nos políticos que te deixam acreditando em promessas falsas de mudança, e ai, sua comunidade não recebe a promessa do encanamento, da luz, dos empregos, e teus filhos não tem arrego e, só entendem o desespero. Não vou dizer que são vermes aqueles que escolhem o mundo do crime, como já dizia lampião “homem nenhum nasceu para ser pisado”, se a resposta da juventude é viver pouco como rei e não muito como um zé, não critiquem de seus condomínios fechados e armados, vigiados pelos excluídos sem informação!

  3. chicobento disse:

    oque me consola e que vivem pouco e os zé um dia acabam tendo sossego.

    • Ronaldo disse:

      O problema é que antes de morrer faz 20 filhos um pior que o outro, eternizando o problema.

      Fazer filho é mole o difícil é ser pai que preste.

  4. Roger disse:

    Só eu que não exitaria um só segundo em passá fogo em todos eles?
    uma cervejinha pra comemorá depois…..

  5. William disse:

    Ok seu Paulo. Então se o governo é falho, isso dá o direito de qualquer um viver pouco como “Rei”, um “Rei” que tem o direito de matar, estuprar e barbarizar a vida de qualquer um, inclusive de pessoas de bem, que rala todos os dias para ter uma vida um pouco melhor? Estragar a vida de outros jovens desamparados, comercializando drogas malditas, que só piora a situação da comunidade sofrida? É seu Paulo, só no seu mundinho deturpado, que uma pessoa que não teve as mesmas oportunidades que outra, ganha o direito de fazer a vida de todos um inferno. Gostaria de ver sua cara caso um ente querido levasse uma bala na cabeça só porque não quis entregar seu celular ou que fosse estuprada, só porque um “Rei” tivesse com vontade de dar umazinha. Seu Paulo, cala essa boca!

  6. digão disse:

    po paulo parece que voce esta ‘legitimando’ esta atitude com seu comentario, acha que este é o caminho certo honesto mais
    facil né? para os preguiçosos e oportunistas pode ate ser. estes das fotos sempre vão ter razão e trabalhar e estudar que é bom nada. vivem falando que são vitimas do sistema e tal. e por vai.

  7. BIG BENGA disse:

    O Brasil realmente está preparado na Copa do Mundo! 🙁

  8. Roger disse:

    hahaha Como se policial fosse corajoso e honrado. policial são caovardes, são umas gazelas, raramente matam bandido, pois sempre se se enganam e matam um trabalhador. Depois dos políticos é classe trabalhadora mais desprezível. Se escolheu ser policial boa coisa não é. Todo policial não presta até que prove o contrário.

    • Soletinho disse:

      Na boa, Roger, se você não tem algo inteligente para dizer, fica calado. Quem arriscaria a vida todos os dias pra ganhar uma merreca no final do mês? Quem subiria um morro dominado por traficantes armados com AK-47, Glocks, Granadas, munição de fazer inveja a muito exercito de países pequenos, apenas com um 38 na cintura?!?! Você se arriscaria? Ou seria mais uma “gazela” ?!?! Pensa antes de falar, cumpadi.
      Já que você falou em Políticos, o fato é que se vivêssemos em um país justo, Policiais ganhariam salários de políticos e políticos ganhariam salários de policiais. Essa inversão aí serve pra Professores também.
      E eu não vou nem me dar ao trabalho de comentar sua afirmação de que “todo policial não presta.” É tão ridícula que não vale a pena.
      De coração, espero que você nunca precise de uma “gazela” imprestável na sua vida.
      Em tempo, não sou policial e também não tenho parentes policiais. O que eu tenho é cérebro, coisa que você parece não ter.

  9. Caio disse:

    O mais lamentável é o comentário do Paulo…
    Ora, numa favela moram algumas milhares de pessoas e apenas algumas centenas vão para este caminho. Será que as razões são estas mesmo?

  10. Paulo disse:

    Vou é estudar, que ganho mais.

    Uma coisa eu aprendi sobre o brasileiro. Podem reclamar do politico, do bandido, do alienado, no final são todos farinha do mesmo saco. Sempre arranjando explicações pra justificar determinada situação, mas não agem. Ponto final. Acabam por “xingar muito no twitter”, e pouco tempo depois esquecem o assunto polêmico, mas já na espera do próximo para novamente justifica-lo.

    Brasil, pais dos “enrolões”.

  11. comentarista disse:

    Paulo você anda ouvindo muito “rap” de segunda.

  12. NK disse:

    braziL iL iL!

  13. JUSTINO NETO disse:

    A MELHOR FOTO FICOU DE FORA! VIDE FONTE.

  14. Fernando disse:

    Cada um leva a vida que quiser, mais dizer que vagabundo é o que é por falha do governo ai é demais. Sendo assim todo o Brasil seria tomado por uma grande leva de bandidos. O cara que estuda a vida inteira, se esforça pra ter uma vida digna e ser honesto e tem menos valor que o vadio coitadinho que preferiu andar da contramão, q1ue quis tudo fácil, que não se empenhou e não soube o valor real das coisas.

  15. William Haddad disse:

    vida loka….existência curta

  16. Paulo disse:

    De acordo com o governo e com os direitos humanos eles são vitimas da sociedade capitalista , e eu que trabalho 45 horas por semana e estudo, sou opressor dessa minoria , guando eu sou assaltado a culpa e minha porque eu trabalho e estudo. o que não levam em consideração e que eu também venho de bairro de periferia e escolhi não ser vagabundo.

  17. Ruan Carlos disse:

    O Ue deve ta se revirando no caixao vendo seus filhotes se exibirem.

  18. João disse:

    E depois de levar um tiro na cara, ninguém tira foto pra se exibir né?

  19. Antonio disse:

    Criamos nossos próprios demônios.

  20. Roger disse:

    Soletinho, vc é só mais uma dondoca que não conhece o mundo real, agora volta assistir vale a pena ver de novo no teu apartamento que deve estar bem longe de onde o bicho pega.

  21. walter disse:

    O que me deixa realmente irado são essas pessoas dizendo,” nas proximas eleições vamos votar com conciencia” Como se nos brasileiros tivessemos opção .
    A muito tempo que nesse paiz não existe um candidato que valha a pena votar ,e quanto a post em questão ahhh seu Paulo cala a boca ,,se for pra dizer merda e melhor ficar calado…
    Essa cambada de marginal e suas vadias tem mais é que se lascar mesmo

  22. disse:

    A pergunta básica é filosófica: Qual o sentido da vida? Se você viaja no que o sistema quer, é mais um candidato a bandido, a policial meliante, a político desonesto… O que o sistema coloca é o hedonismo: ” o importante é ser feliz! Mas será mesmo possível que alguém consciente seja feliz de verdade vendo seus semelhantes humanos sendo maltratados e pedindo esmolas ou sendo excluído pela sociedade? O sistema define: o importante é a família… Mas sabemos que existem dezenas de tipos diferentes de famílias na sociedade mas o sistema quer impor o deles. O sistema coloca: o importante é ser vencedor, ser rico e ter sucesso na vida é impõe um tipo de vida que sabe que para a maioria absoluta da população será impossível de alcançar ( só para excluí-lo da vida, humilhá-lo como derrotado, etc.) . Abandonados pela sociedade, muitos jovens das comunidades são tidos como um “incômodo”. porque não falei abandonados pelo governo? Porque os governantes vem dessa mesma sociedade, que não toma o mínimo de atitude para mudar esse estado de coisas. Então a coisa toda começa na precária consciência social da população, e pouca gente (eleitos ou não para governar, mas que corruptos ou não, são também oriundos dessa mesma sociedade) tem a verdadeira iniciativa e atitude de solidariedade com o seu semelhante desfavorecido oferecendo informação e conhecimento transformador e reclamam quando o “problema” começa a cair sobre as suas cabeças. Via de regra os que criticam não querem soluções mas “culpados” e, com certeza, a manutenção desse estado de coisas interessa a “indústria da segurança” (com seus bilhões de faturamento anuais) e, entre outros segmentos, maus e despreparados policiais que se acham acima das leis e alguns políticos nocivos que só querem alcançar ou se manter no poder para obter vantagens para si e seus grupelhos em detrimento dos demais cidadãos.

  23. Léo Stringaci disse:

    Isso é falta duma surra bem dada pelos pais…

  24. Lalau disse:

    Tão cavando a própria sepultura. Azar o deles.

  25. ANDRÉ disse:

    Meu, de que adianta ter dinheiro roubado. Olha o fundo das fotos, uns buraco de fim de mundo fedendo a esgoto e lixo. Grandes bostas esse tipo de ostentação, prefiro trabalhar e morar num bairro melhor, ter um carro e dinheiro pra curtir e, principalmente, dormir com a mente tranquila. Trabalhar te faz crescer, fazer novas amizades, evoluir culturamente, mesmo com todos os males que ele causa…

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo