Publicidade

Publicidade
25/03/2015 - 01:01

Pesquisa revela que fumar durante a gestação prejudica o bebê ao nascer

Compartilhe: Twitter

Um estudo realizado na Universidade de Durham constatou que fetos cujas mães são fumantes apresentam uma taxa maior de movimentos da boca e do próprio toque em relação a fetos de mães não fumantes.

Cerca de 80 ecografias 4D foram avaliadas. Quatro dos fetos (à esquerda nas fotos) pertenciam a mães que fumavam uma media de 15 cigarros por dia, os demais eram fetos de não-fumantes. Os fetos de mães fumantes mostraram mais agitação que os demais.

A pesquisa também indicou que o estresse e a depressão materna colaboram para os nascimentos prematuros.
mother_smokes_01

mother_smokes_02

Autor: - Categoria(s): Curiosidade Tags: , , , ,

Ver todas as notas

2 comentários para “Pesquisa revela que fumar durante a gestação prejudica o bebê ao nascer”

  1. Daniel Breder disse:

    A mulher tem que ser uma desgraçada para fumar na gestação.

  2. Vô Maza disse:

    As pessoas confundem ser “mãe de verdade” com “por filho no mundo”. Pobres crianças.

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo