Publicidade

Publicidade
10/04/2015 - 00:00

Seria este um novo meio de transporte?

Compartilhe: Twitter

meio_transporte
Um entusiasta da engenharia bolou o que seria um novo meio de transporte, que se fosse realmente construído, poderia revolucionar os meios de transporte. Seria algo como uma mistura de helicóptero e trem. Confira o vídeo.

Crédito

Autor: - Categoria(s): Curiosidade, Video Tags: , ,

Ver todas as notas

7 comentários para “Seria este um novo meio de transporte?”

  1. Ricardo Campos says:

    Bom, primeiro, o trilho limita demais o veiculo, além de lento, até ficarem prontos os trilhos…pft…. Pra essa quantidade de pessoas, mesmo de avião a viagem seria extremamente longa, uma vez que nem todo mundo vai pro mesmo lugar….e o barulho? ahahahh é esforçado…mas fora de mão total!

    • Bruno Moura says:

      Cara a ideia não é a mesma do metrô que anda apenas em uma cidade, seria para viagens mais longas, de uma cidade para outra, SACA, e os trilhos seria para utilizar a energia ao invés de combustível.

  2. Fabiano says:

    Imagina o vento embaixo..

  3. Robson says:

    coitadas das arvores, e esse barulho todo, fora que se der um vento mais forte essa bagaça descarrilha, acho que esse engenheiro tava era com vento na cabeça, ou só queria passar no tcc.

  4. Marcos Eduardo says:

    uahauhauah Trem: utilizaria muito menos espaço para os trilhos, menos energia gasta, mais gente transportada…

  5. Vinicius says:

    Na boa, essa é uma das piores ideias que eu já vi.

  6. Abner says:

    A ideia até que é interessante mas, o custo de produção seria muito alto oque inviabilizaria a produção e com certeza, com base no luxo mostrado nas imagem a passagem seria muito alta oque reduziria a quantidade de pessoas que utilizariam e consequentemente iria se tornar mais um ” Elefante Branco “. Principalmente no Brasil.

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo