Publicidade

Publicidade
22/04/2015 - 00:01

Chinês ciumento faz namorada engordar 40 quilos para não atrair outros rapazes

Compartilhe: Twitter

Jealous Groom Fattens Up Fiancee by Six Stones
O que você faria para que sua namorada não recebesse cantada de outros caras? Muita gente proíbe roupas, lugares e até mesmo atitudes, mas para You Pan isso não seria suficiente. Ele fez com que Yan Tai, sua namorada, engordasse 40 quilos!

Isso mesmo, Yan Tai passou dos 45 quilos aos 85 em apenas dois anos, num regime de engorda provocado pelo namorado ciumento para afastar os possíveis concorrentes.

Poucos dias atrás, o jovem pediu a namorada em casamento e para oficializar, a presenteou com um lindo buquê de chocolates Ferrero Rocher. O amor é lindo, não?

Jealous Groom Fattens Up Fiancee by Six Stones

Jealous Groom Fattens Up Fiancee by Six Stones

Jealous Groom Fattens Up Fiancee by Six Stones

Jealous Groom Fattens Up Fiancee by Six Stones

Jealous Groom Fattens Up Fiancee by Six Stones

Jealous Groom Fattens Up Fiancee by Six Stones

Jealous Groom Fattens Up Fiancee by Six Stones

Jealous Groom Fattens Up Fiancee by Six Stones

Jealous Groom Fattens Up Fiancee by Six Stones

Jealous Groom Fattens Up Fiancee by Six Stones

Crédito

Autor: - Categoria(s): Curiosidade, Inusitadas Tags: , , ,

Ver todas as notas

6 comentários para “Chinês ciumento faz namorada engordar 40 quilos para não atrair outros rapazes”

  1. ROLANDRO says:

    Ela é uma boba
    Ele, um imbecil completo

  2. Trollers s says:

    Uma palavra: Ser humano

  3. carlos silva says:

    É uma espécie de fetiche chamada de feederismo. O cara tem tesão em mulheres obesas/gordas.

  4. Jeff says:

    Uma palara: corno.

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo