Publicidade

Publicidade
29/04/2015 - 00:01

Nepal antes e depois do terremoto

Compartilhe: Twitter

nepal_before_after_01
Todos nós temos acompanhando os últimos e tristes acontecimentos ocorridos no Nepal. Após um forte terremoto, boa parte da cidade foi destruída e várias pessoas afetadas. Nas fotos deste post você confere como eram e como estão algumas edificações do local.
nepal_before_after_02

nepal_before_after_03

nepal_before_after_04

nepal_before_after_05

Autor: - Categoria(s): Curiosidade, Fotos Tags: , , ,

Ver todas as notas

8 comentários para “Nepal antes e depois do terremoto”

  1. Aston says:

    Por que deus e o buda não evitaram o terremoto ? Pois é, tanto templo, tanta adoração a seres imaginários e nenhum planejamento pra evitar isso!

    • Gil says:

      Qual a finalidade desse tipo de comentário? O que vc tem com a vida de quem acredita em deus ou em thor ou no babuíno voador? Pois é, nada.

  2. 12! says:

    Deus e Buda estão dando conforto e esperança pra essa gente, e vc ta fazendo oq pra ajudar ??????

  3. Adalise de Faria Lopes says:

    na minha opinião, a população no mundo está imensa! determinadas regiões jamais deveriam ser habitadas . O certo seria, que as pessoas que sobreviveram, fossem re tiradas de lá, levadas para algum lugar, não sujeito a catas trofes. A tragédia estava anunciada!!!

  4. Elton says:

    Devem não ter evitado para fazer aparecer as pessoas desrespeitosas como você no meio da multidão e separar do resto que não merece ter você por perto.

  5. PAULO ROBERTO URBANO DA CRUZ says:

    Aston -Realmente Deus , Buda ou outra entidadeque eles adoram é injusta pois permitiram que um ser miserável como você nascesse.

    • Rodrigo says:

      Cada um escolhe o destino que quiser, mas o Aston é ateu e na hora da tragédia o cara joga a culpa em Deus.. tem que vê isso aí hein

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo