Publicidade

Publicidade
07/05/2015 - 00:03

20 coisas para lembrá-lo que você está ficando velho (Parte 23)

Compartilhe: Twitter

velharia__15

Mais uma vez, você vai se identificar com algumas das coisas que estão aqui neste post. Confira e diga se lembra de alguma.

velharia__01

velharia__02

velharia__03

velharia__04

velharia__05

velharia__06

velharia__07

velharia__08

velharia__09

velharia__10

velharia__11

velharia__12

velharia__13

velharia__14

velharia__16

velharia__17

velharia__18

velharia__19

velharia__20

Autor: - Categoria(s): Fotos Tags: , ,

Ver todas as notas

37 comentários para “20 coisas para lembrá-lo que você está ficando velho (Parte 23)”

  1. Luciano disse:

    Nossa, devo estar velho mesmo, apesar de só ter tido o Aquaplay do Donald e o disco colorido (ainda tenho) lembro de todos os outros.

  2. Vinicius Simões disse:

    A idade bateu na minha cara…. e com as duas mãos

  3. fabin disse:

    Esse guaraná da Brahma foi o melhor que teve, cheguei a ficar triste ao tomar a(s) ultima(s) unidade(s) ao saber que “sairia de linha” era muito bom, tanto é que me lembro até hoje, devia ter uns 10 anos na época.

  4. Geyson Monte disse:

    Sensacional!!! Já tive muitos Reeboks. Abração!!!

  5. Perivaldo Jocove disse:

    Eu tive um vai-vem, mas o genérico, feito de garrafa pet…

  6. Vô Maza disse:

    À época, eu tinha uma faixa do Rambo e um kit espada/estrela ninja do Jiraya. O guaraná Brahma era muito bom…
    Tem uma bolacha do Fofão da qual muita gente não lembra… era uma delícia… pena que acabou… http://musicasinfantis80.xpg.uol.com.br/FofaoFoto14.jpg Eta, saudade…

  7. Alan disse:

    Esse Super NES até destoa dos demais! Já é dos anos 90.

  8. Deise disse:

    Eu já tive vários brinquedos listado na matéria, mas o que me emocionou foi ver o microfone do programa da Xuxa porque eu nem lembrava que tinha um.

  9. camila disse:

    Ok… 13 itens dessa lista fizeram parte da minha infância… Ti velha mesmo! Kkkkkkkkkk

  10. Dino Lozinsky disse:

    Crush… A melhor refrigerante que já existiu nessa vida…

  11. Lucas disse:

    Alguem sabe me falar como que chama o brinquedo com volante que tem na tela um carrinho ? Oitava imagem de baixo para cima…

  12. Tiago Moretti disse:

    Admito, estou velho rsrsrsrrssss!

  13. Junior Gava disse:

    Decadry, nossa kkk eu vendia isso quando era balconista de uma papelaria. vendia aos montes.

  14. Jayme Ferraz disse:

    Guaraná Brahma saudades..era muito bom…

  15. EDNILSON disse:

    VELHO NADA ISTO QUE ERA BACANA NAO TINHA CELULARES ,WAP WAP,ETC…. BACANA

  16. ze cejames disse:

    Cara , o vai vem foi do fundo do baú , nem lembrava mais. O guaraná brahma vendeu muito , a crush seria o relativo à fanta , e o guaraná taí também saiu muito. Os iõiôs eu nunca aprendí a manusear. Os disquinhos coloridos também são velhinhos.

  17. charles pierre disse:

    faltou o chocolate surpresa, com figurinhas de dinossauros !
    e a espada do He-man !!!

  18. claudio disse:

    Com certeza me lembro de tudo isso, mas foi uma época maravilhosa se pudesse retornaria nela, com certeza..
    onde tudo tinha mais valor!!

  19. claudio disse:

    Época onde tudo tinha mais valor!!

  20. José Roberto disse:

    A sociedade menospreza a idade, muito pelo contrário, se todo jovem tivesse a vivencia e sabedoria que os anos nos dá, não precisaríamos nem de policia.

  21. sergio disse:

    esqueceram do zorro ( caramelo ), do suspiro (doce) e da tubaina.

  22. EDSON disse:

    Lucas, esse brinquedo chamava-se Drive Junior, e meus filhos tiveram e o Vai Vem, foi lançado no mercado com o nome de Poing em 1976 (fiz parte desse lançamento)

  23. Antonio Meneses de Oliveira disse:

    Sinto-me muito feliz e privilegiado por lembrar-me de todos eles, que fizeram parte de minha adolescência e juventude!
    Sinceramente, com os meus excelentes 66 anos de idade, não me sinto mental, intelectual e emocionalmente velho, apesar das evidentes marcas do tempo no corpo!

  24. valmir disse:

    Nossa infância foi feliz, muito feliz. Essa era dos smartphones está formando crianças chatas (não generalizando é claro!)

  25. VITOR ANASTACIO disse:

    Que saudades!! eu e minha esposa demos para nossas filhas o meu primeiro gradiente compramos na casas Bahia a prazo na decada de 80 para 90. E por ironia do destino está aqui em minha casa,fui pega-ló que alegria está intacto,guardado a quase 30anos e em perfeita condições.. Tempos bons que não voltam nunca mais..saudades!!!! Vitor

  26. Ana Maria disse:

    Tô véia mesmo. Reconheci quase todos. Bons tempos

  27. Jack disse:

    Meu deus tô ficando velho !!!

  28. Marconi disse:

    Muito bom recordar.

  29. Renata disse:

    Essa crush era uma delicia!!!! Q saudades!!!!!!!!!

  30. Geyson Monte disse:

    A colocação do José Roberto foi perfeita. Hoje temos micro marginais e futuros delinquentes nas ruas. Hoje se rouba de tudo em salas de aula e ninguém consegue acabar mais com isso. Os pais acham que está tudo bem. É uma euforia geral quando avisam que não vai haver aula em alguns dias. Pavor da sala de aula significa futuros marginais na rua. Pura verdade!!! Abração!!!

  31. Sam disse:

    grapette quem bebe repete…

  32. Airton disse:

    Aqui em SP tem um monte de loja que vende os doces daquela época: Zorro, guarda-chuva, doce de abóbora em forma de coração, canudos de leite, etc.

    Nostalgia pura…

  33. Érisson dos Santos disse:

    Eu tive um Rambo daqueles, saudades.

  34. zauro disse:

    Caramba cheguei passar a mão na tela ao ver meu io io galaxy da coca cola !!! de quando eu ainda era gente e não escravo do sistema !!!

  35. Chris disse:

    Uai, a caneta quatro cores uso até hoje !!!

  36. noh disse:

    Bacana mesmo às lembranças… só faltou o “Tar” iô-iô hehe

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo