Publicidade

Publicidade
17/08/2015 - 00:03

15 Imagens que farão você perceber como o tempo muda as coisas

Compartilhe: Twitter

antes__depois_01 (Copy)

Já percebeu como o tempo acaba denunciando que mudamos muito? Taí 15 imagens que farão você perceber isso. Certamente, identificará algumas pessoas nelas.

antes__depois_02 (Copy)

antes__depois_03 (Copy)

antes__depois_04 (Copy)

antes__depois_05 (Copy)

antes__depois_06 (Copy)

antes__depois_07 (Copy)

antes__depois_08 (Copy)

antes__depois_09 (Copy)

antes__depois_10 (Copy)

antes__depois_11 (Copy)

antes__depois_12 (Copy)

antes__depois_13 (Copy)

antes__depois_14 (Copy)

antes__depois_15 (Copy)

Crédito

Autor: - Categoria(s): Fotos, Hilário Tags: , ,

Ver todas as notas

5 comentários para “15 Imagens que farão você perceber como o tempo muda as coisas”

  1. Bia disse:

    Poxa, deprimente a última imagem! Não consigo dizer se a educação que está falha, ou se o mercado que está muito competitivo. Ou ambos.

  2. Anb disse:

    A ultima imagem é mais pura realidade – sou formado em nivel superior e esta complicado.

  3. Paulo disse:

    Com exceção da última imagem, qual o problema? Hoje em dia existe um consenso que tudo piorou. Que as pessoas estão mais distantes umas das outras. Cara, isso sempre existiu. Os Smartphones apenas facilitaram isso.

    Com relação a educação, o mercado que mudou. Excetuando as profissões bem clássicas, como advogado, médico, contador, exige-se mais do profissional do que seguir uma carreira.

    Some a isso como os meios de comunicação e tecnologia vem moldando as pessoas. Acredito que estamos vivendo uma nova “revolução industrial”.

    E sim, a educação do Brasil é péssima. Fiz o comentário acima me baseando em quem consegue dar inicio a uma profissão….

  4. veronica disse:

    a imagem do guri querendo ver jurassic park é ótima. Vivemos uma era de adultos infantilóides

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo