Publicidade

Publicidade
30/10/2015 - 00:03

Imagine se crianças sofridas tivessem a infância que mereciam

Compartilhe: Twitter

O pintor Gunduz Aghayev é responsável por um trabalho sensacional e ao mesmo tempo reflexivo. Ele tomou várias fotografias icônicas nas quais crianças são mostradas em cenas bem tristes e criou novas imagens em que elas são colocadas em infâncias, digamos, mais merecedoras.

São pequenas vítimas de tragédias em cenários bem mais agradáveis, mas, infelizmente, apenas fictícios.

“Menina de Napalm”, da Guerra do Vietnã

ilustracao_01

ilustracao_02

 
 
 
 
 

Foto vencedora do prêmio Pulitzer, de Kevin Carter (1993)

ilustracao_03

ilustracao_04
 
 
 
 
 

Crianças no Vietnã

ilustracao_05

ilustracao_06
 
 
 
 
 

Morte de Aylan Kurdi (Síria)

ilustracao_07

ilustracao_08
 
 
 
 
 

Garoto japonês em prontidão depois de ter trazido seu irmão mais novo morto para uma pira de cremação, em 1945

ilustracao_09
 
 
 
 
 

Filho do jornalista Elmar Huseynov, morto em 2005

ilustracao_10

ilustracao_11
 
 
 
 
 

Crianças noivas no Afeganistão

ilustracao_12

ilustracao_13
 
 
 
 
 

Crianças desabrigadas pelas bombas alemãs. Uma delas mostra onde ficava seu quarto, em 1940

ilustracao_14

ilustracao_15
 
 
 
 

Doutor Janusz Korczak com algumas crianças. Ele foi precursor nas iniciativas em prol dos direitos da criança e do reconhecimento da total igualdade das crianças que hoje encontramos nas Escolas Democráticas

ilustracao_16

Crédito

Autor: - Categoria(s): Curiosidade, Fotos Tags: , , ,

Ver todas as notas

20 comentários para “Imagine se crianças sofridas tivessem a infância que mereciam”

  1. Robott says:

    Qual será o destino da humanidade?

    Já não tivemos tempo o bastante para corrigir o que está errado?

    Será que nunca aprendemos com os erros do passado?

  2. Dodi says:

    Comovente!! Parabéns pelo post!

  3. Osmane Fonseca says:

    Muito lindo esse trabalho =)

  4. Rodrigo Ruiz Ortiz says:

    Criativo e emocionante!
    Estamos mesmo fazendo tudo errado… =(

  5. Gustavo says:

    Sem palavras! Demais.

    ótimas fotos e belas ilustras!!!

  6. carlos silva says:

    Muita tinta e propaganda americana.

  7. Paulo says:

    Humberto sabe essa menina da primeira foto? Por curiosidade nessa semana ela começou a receber tratamento gratuito, pena que foi depois de tanto tempo.

  8. Alcides says:

    Só não entendi a foto crianças no Vietnã. Não foram os americanos que levaram o terror pra la?
    Parece aqueles filmes repetidos onde o malvado é sempre um russo ou norte koreano.

    • Leonardo says:

      Não, pra variar os comunistas de merda que começaram aquilo lá. Procure saber antes, a guerra começou antes da intervenção americana

  9. Geyson Monte says:

    Que bom seria que as ilustrações fossem reais. Não moro em outro país, por isso acho que temos que mudar e tentar melhorar o nosso. Aqui agora!!! Estamos deixando afundar e afogar nossos jovens. Quando tem um feriado imprensado os alunos adoram. A imagem do futuro!!!

  10. Carla says:

    Pensei a mesma coisa Alcides.

  11. Gabriel says:

    Estão recebendo dinheiro americano pelo post??

  12. E é assim que o futuro será. Todas as desgraças serão coisa do passado. Vejam aqui pq: http://www.jw.org/pt/publicacoes/livros/boas-noticias-deus-voce/por-que-deus-criou-terra/

  13. Drico says:

    Quase todas imagens ao serem substituídas ganharam ícones do imperialismo.
    É, no mínimo, ingenuidade (para não falar maldade) colocar uma crianças vítima das armas químicas utilizadas pelo exército norte-americano carregando uma balão da estátua da Liberdade. Assim como também é ridículo colocar as crianças nos braços de super heróis como superman e capitão américa, sendo que foi justamente o império norte-americano que destruiu suas vidas e suas famílias.
    Só pensar um pouco, pessoal.

    • Mozart says:

      Apure o senso crítico. Vale para Gabriel, Carla e Alcides também:

      1 – O artista não é Norte Americano e não é favorecido pela economia norte americana. Logo não tem porque colocar “Símbolos Imperialistas” para “pintar” os EUA de bom moço.

      2 – A mensagem é clara: O EUA poderia ter feito diferente… ter sido o Herói ao invés de Algoz, Levar a liberdade e igualdade ao invés de conflito armado, Por isso a estatua da liberdade… os heróis americanos…. o que foi feito, foi o opositivo do que a imagem mostra.

      3 – É praticamente uma denuncia social as imagens.

      • bruno says:

        eu até entendo o ponto de vista que queres tomar Mozart, mas mesmo que realmente a intenção do artista nao fosse demonstrar o EUA como bom moço, pintar uma “infância que mereciam” com elementos que constituem a infancia do sonho americano (nem todas as fotos) é negar a cultura daquelas crianças e de alguma forma pensar que somente nosso modo de educar e de ser politico pode propiciar uma “infancia merecida”. essas ,me parecem, mais representações de justamente o porque dos EUA se envolverem nessa guerra (para transmitir uma cultura de consumo e capitalista) e menos de transmitir uma infância merecida. em resumo, não curti.

        • Andrei says:

          Mas Bruno, se não fosse usado a cultura americana, não atingiria o pleno entendimento do que as imagens querem passar. Uma representação das crianças da favela com herois americanos atingem o mundo todo e passam o recado claro, de que elas precisam ser salvas. Agora, representações destas mesmas crianças com curupira, caipora e saci não seria nem reconhecido pelas nossas gerações mais novas, quem dirá pelo restante do mundo.

  14. Rafael says:

    O fotógrafo da foto do menino com o abutre suicidou-se.

  15. Rafael says:

    O fotógrafo da foto do menino com o abutre cometeu suicídio. Ele foi acusado de ter negado ajuda ao menino que se arrastava a um ponto de ajuda da ONU. Uma outra versão ameniza a atitude do fotógrafo, informando que o menino estava aguardando seus pais, que foram até o ponto de ajuda da ONU buscar comida.

  16. fideco says:

    Realmente muito interessante.

    Não conhecia o trabalho dele.

    http://www.boredpanda.com/femidead-satirical-illustrations-by-gunduz-agayev/

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo