Publicidade

Publicidade
04/05/2016 - 00:03

Impressionante! Como é feita a inspeção em linhas de alta tensão

Compartilhe: Twitter

energia

Se você um dia se perguntou como é realizada a inspeção de linhas de alta tensão, neste vídeo está a resposta. O sujeito vai sentado do lado de fora de um helicóptero até desembarcar sobre os cabos de energia. O interessante, é observar que ele usa uma pequena vara para conseguir entrar e sair das linhas. Confira.




Autor: - Categoria(s): Video Tags: , , ,

Ver todas as notas

9 comentários para “Impressionante! Como é feita a inspeção em linhas de alta tensão”

  1. Felipe says:

    O cara tem que ser louco três vezes… 1a pra ficar de boa no helicóptero pra fora dele, 2a pra subir nesses cabos e 3a pra ficar dessa altura do chão kkkkkkk
    Mt louco isso ai…

  2. Geyson Monte says:

    Incrível e impressionante!!! Eu não quero nem imaginar quanto ganha um profissional desse e também o piloto. Esse Buteco não para de nos surpreender. Valeu, ONEberto!!!

  3. Gaiato says:

    Acho que a vara serve para a equipotencialização.

    • Thiago Dermandi says:

      Exato, além disso, ele tem de estar usando por debaixo das roupas uma malha metálica, ele e o helicóptero entram na mesma potencia da rede, assim eles não sofrem a descarga elétrica. Uma curiosidade, esses profissionais relatam que apesar de não tomarem o choque, é possível sentir a energia passando pelo corpo, os pelos do corpo se arrepiam por exemplo.

      • Geyson Monte says:

        Engraçado é que já dei tanta descarga de energia em mulheres maravilhosas e elas realmente se arrepiam ao ponto de emitirem algum som tipo: Hummmmmmmmmmmmmmm. Rsrsrs. Valeu a lembrança Thiago.

  4. Fulano! says:

    Em 2008 li que a CEMIG (Minas Gerais), procurava um piloto para este tipo de serviço. Na epoca pagavam 10000 reais + 100,00 por hora de voo, num minimo de 100 horas/mes, somando, sao 19 mil, em 2008…

    hoje eu nao tenho ideia de quanto, mas ainda assim é pouco!

  5. sheilo jailson says:

    se nao é essa Faraday Suit… nem o Bátima ia fazer isso

  6. marcos says:

    o mais incrivel é que quando trabalhava na CESP ( SP) existia o pessoal de linha viva que andavam em redes de extra alta tensão, (380kv,440kv), com ela ligada; evidente que tinham EPI especiais, mas diziam que sentiam a indução causada pela rede.

  7. Cantarzo says:

    Mto bom… parabens pelo post e aos trabalhadores!

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo