Publicidade

Publicidade
21/03/2017 - 00:03

A verdade sobre o fantasma do IML

Compartilhe: Twitter

iml

Se você não passou as últimas semanas numa caverna, deve ter visto e revisto o vídeo de um suposto fantasma que estava aterrorizando o IML de Cuiabá. Como o assunto virou um viral, muita gente perguntou se era verdadeiro ou falso. Foi então que o Fantástico enviou uma equipe até o local para desvendar o mistério.

Ah, antes de criticar dizendo que já viu no Fantástico, saiba que o universo é muito grande e tinha gente fazendo coisas mais úteis além de ver TV num domingo à noite.




Autor: - Categoria(s): Curiosidade, Video Tags: , , , ,

Ver todas as notas

8 comentários para “A verdade sobre o fantasma do IML”

  1. Stéfani Filho says:

    Pq a abordagem do Tadeu é tão idiota?? parece que a reportagem é dirigida para pessoas com atraso mental, recheada de piadinhas infames, uma narrativa infantil… não entendo pq a globo trata o brasileiro como se ele fosse uma porta!

  2. Caio says:

    Não é no IML e sim um colégio em Araucária na região metropolitana de Curitiba

  3. Joao says:

    Eu só achei que a Globo imputou a versão dela para os telespectadores. Não que eu acredite neste vídeo, mas não é por que a Globo diz que foi assim que devo acreditar que foi.

  4. Italo says:

    A melhor coisa desse post foi: “Ah, antes de criticar dizendo que já viu no Fantástico, saiba que o universo é muito grande e tinha gente fazendo coisas mais úteis além de ver TV num domingo à noite.”

  5. sheilo jailson says:

    Se você não passou as últimas semanas numa caverna. heiuaheiuahueiaheauiheauiehaui melhor frase do blog nos ultimos 10 anos

  6. Mendes says:

    É incrivel como coisas bestas como essa tomam grandes proporções.O criador do site escreveu que tinha gente fazendo algo mais útil do que ficar na frente da TV assistindo fantástico no domingo.
    Bom,acredito que deu na mesma,pois se não estava assintindo fantástico é porque estava vendo videos “úteis” igual a este e outros milhares que tem no youtube….

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo