Publicidade

Publicidade
27/02/2020 - 00:11

Internet levanta diferenças entre acompanhantes de luxo, garotas de programa e sugar babies

Compartilhe: Twitter

Até bem pouco tempo, esse assunto era um ponto obscuro nas relações humanas, afinal de contas, muita gente não se sentia confortável para falar sobre o assunto. Hoje, a coisa mudou um pouco de figura com a popularização da internet e já é possível falar sobre o tema de maneira mais clara.

De acordo com Luiza Marquez, acompanhante de luxo do Paradise Girl, existe algumas diferenças entre garotas de programa e acompanhantes de luxo. Mas, basicamente, toda acompanhante de luxo é uma garota de programa, pois oferece sexo em troca de um cachê, mas nem toda garota de programa é uma acompanhante de luxo.

Neste universo de sentimentos, surgiu uma nova figura com nome estrangeiro: a sugar baby, que teve destaque na última novela da Globo “A Dona do Pedaço” e que merece uma citação.

A sugar baby é uma pessoa que basicamente é sustentada por dinheiro, presentes ou outros benefícios em troca de uma relação amorosa. Geralmente, o mantenedor dessa relação são ricos e mais velhos, responsável por agradar financeiramente a outra parte do relacionamento, mas que não deve ser confundido com prostituição, pois geralmente apresenta uma estabilidade na relação na qual a sugar baby sente um certo prazer em ser mimada em troca de atenção ao parceiro.

Mas voltando a falar nas acompanhantes de luxo, a popularização da internet permitiu que elas se organizassem ainda mais em torno do seu trabalho. Hoje, é possível dispôr de um verdadeiro catálogo online. O preço é um dos fatores que fazem a diferença entre as garotas de programa e as acompanhantes de luxo. Enquanto as GPs cobram valores entre R$ 50 e R$ 250, as acompanhantes praticam cachês que passam dos R$ 300.

Uma outra diferença entre as duas (GPs e acompanhantes) está no local onde pode-se encontrá-las. Enquanto as GPs ocupam ruas, bares, boates e casas de shows, as acompanhantes geralmente são encontradas em sites especializados. O usuário escolhe a modelo e escolhe o que vai fazer dentro do horário estabelecido, desde bater um papo, sair para apenas jantar, fazer uma aparência pública ou transar.

Por falar em aparecer publicamente, os sites precisam garantir que as acompanhantes possam frequentar locais requintados e saibam se portar de modo equilibrado e discreto. É por este motivo que é possível até encontrar acompanhantes de luxo com nível superior e intelectualmente elevado, exigência de muitos clientes. Alguns sites, inclusive, permitem que os clientes deixem registradas suas impressões sobre as acompanhantes, facilitando a escolha, como numa rede social.

Há também a possibilidade do cliente suprir fetiches sem necessariamente envolver o sexo nisso. O que ele precisa fazer é conversar previamente com a garota e aproveitar o cachê que está sendo pago. Ê internet…

Autor: - Categoria(s): Nota do Gerente Tags:

Ver todas as notas

5 comentários para “Internet levanta diferenças entre acompanhantes de luxo, garotas de programa e sugar babies”

  1. Paulo says:

    Prostituição é o mais antigo dos trabalhos. O que há de novo a se dizer sobre esse assunto? Não muito, tal como a opinião das pessoas sobre ele.

  2. Lucas33 says:

    Resumindo ‘Tudo Puta!’

    • Porre Velho says:

      SUV, Sedan, Hatch, Perua… Mas é tudo carro. Então o molequinho tem razão: Tuuuudo Puta!!!

  3. Porre Velho says:

    Se levarmos em conta que profissão é uma prestação de serviços em troca de algum benefício, pagamento ou salário, e levarmos em conta Caim e Abel, então as profissões mais antigas do Mundo são: agrônomo e pecuarista.

  4. Famscrow says:

    Cadê o vídeo daquela criancinha falando: Tuuudo, tudo puta.

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo