Publicidade

Publicidade

13/01/2009 - 00:03

Professora é acusada de abusar de aluno mais de 300 vezes

Compartilhe: Twitter

Christine A. McCallum, uma professora de 29 anos de Boston, foi acusada de estuprar um garoto de 13 anos de idade por mais de 300 vezes num período de um ano e meio.

Achou a história estranha? Não pára por aí. Segundo o Jornal The Boston Globe, McCallum tinha o hábito de oferecer bebida alcoólica ao garoto e logo depois manter relações sexuais com ele, sem se importarem com o lugar: cozinha, sofás e chuveiro.

De acordo com a acusação, a primeira relação sexual ocorreu em 7 de fevereiro de 2006, sobre o sofá de sua casa, enquanto o marido dormia no andar de cima. Ele (o marido), foi casado com a moça durante cinco anos, e estava ao seu lado no tribunal.

Um dos fatos que pesam contra McCallum é o dela ter se tornado tutora do garoto, que agora tem 16 anos. O inquérito mostra que este episódio mexeu com a libido dos dois e fez com que todos os dias eles fizessem sexo desesperadamente.

O advogado de defesa, Frederick McDermott, contestou a acusação e disse que não existem provas de que sua cliente tivesse relações sexuais com o adolescente. Segundo ele, McCallum tinha se tornado uma espécie de substituta da mãe, já que seu pai morava sozinho.

O caso só foi descoberto porque McCallum descobriu alguns torpedos que o garoto enviou para outra menina. Além disso, no seu MySpace, ela explicitou seus sentimentos, declarando que era “duro beijá-lo e dizer não“.

O pai do garoto descobriu algumas cartas apaixonadas e ficou absolutamente perturbado. Um colega do garoto declarou que a professora realmente era diferente: “Ela era legal, mas não era como os outros professores… ela era jovem e muito bonita”.

Autor: - Categoria(s): Curiosidade, Polêmica Tags: , , ,
Voltar ao topo